Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Primeiro-ministro e princesa Kate apoiam Murray na final de Wimbledon

Escocês pode se tornar o primeiro britânico a vencer o torneio desde 1936, quando Fred Perry foi campeão

iG São Paulo | - Atualizada às

Reuters
David Cameron, primeiro-ministro britânico

A primeira aparição de um tenista britânico na final de Wimbledon em 74 anos reuniu neste domingo no camarote da quadra central do All England Club personalidades da realeza e do meio político do Reino Unido, entre elas o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, e a princesa Kate Middleton.

Quem vence a final: Murray ou Federer? Deixe seu comentário!

A duquesa de Cambridge, acompanhada de sua irmã Pippa Middleton, marcou presença na quadra central, entre aplausos do público, pouco antes do início do duelo entre o escocês Andy Murray e o suíço Roger Federer. Na quarta-feira passada, Kate e seu marido, o príncipe William, já haviam assistido às quartas de final de Wimbledon, tanto ao jogo de Federer como ao de Murray.

BLOG DO PAULO CLETO: Confira a opinião do especialista em tênis

A final deste domingo despertou grande atenção midiática no Reino Unido, pois nenhum tenista local conquista o Grand Slam londrino desde 1936, quando o inglês Fred Perry conseguiu a façanha. Em um dia chuvoso no sudoeste de Londres, embora com sequências de sol, a quadra central do torneio também conta com a presença do prefeito da capital britânica, Boris Johnson, assim como do ministro de Esportes britânico, Hugh Robertson.

Getty Images
A bela princesa Kate Middleton (dir) e sua irmã, Pippa, acompanham a final de Wimbledon 2012

Leia tudo sobre: TênisWimbledon 2012ATPAndy MurrayRoger Federer

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG