Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Federer supera dores e vai às quartas em Wimbledon

Tenista suíço chegou a pedir atendimento médico no jogo contra Xavier Malisse, mas se beneficiou de uma interrupção por conta da chuva e ganhou por 3 sets a 1

Agência Estado |

Agência Estado

Getty Images
O suíço chegou nas quartas de final dos últimos 33 Grand Slams

Roger Federer superou as dores nas costas e o belga Xavier Malisse para alcançar as quartas de final de Wimbledon nesta segunda-feira. O suíço, que precisou de atendimento médico durante o jogo, conseguiu resistir às dores e venceu o duelo por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/1), 6/1, 4/6 e 6/3.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com o resultado, Federer acumulou sua 850ª vitória da carreira e igualou o retrospecto do norte-americano Pete Sampras de 63 triunfos e sete derrotas. O suíço ainda está atrás de Jimmy Connors (84/18) e Boris Becker (71/12).

Federer também ampliou para 33 o recorde de quartas de finais consecutivas em torneios de Grand Slam. A última vez que não alcançou esta fase foi em 2004, quando foi eliminado pelo brasileiro Gustavo Kuerten em Roland Garros. Ao todo, o suíço soma 37 quartas de finais no currículo, apenas quatro a menos que o recordista Connors.

Leia mais: Número 1, Sharapova vacila e é eliminada em Wimbledon

Os feitos numéricos, contudo, foram precedidos de certo sofrimento dentro e fora de quadra nesta segunda. Federer precisou de atendimento médico logo no set inicial, por conta de dores nas costas. Mesmo assim, conseguiu vencer a primeira parcial diante do número 75 do mundo.

Após fechar o set, o suíço contou com uma "ajuda" da natureza. O mau tempo causou a interrupção do jogo por cerca de 50 minutos e favoreceu sua recuperação. Com o teto retrátil aberto e a paralisação da chuva, ele voltou melhor no segundo set e não teve problemas para fechar por 6/1.

Veja também: Serena vence e encara atual campeã Kvitova nas quartas

Malisse, porém, não desanimou. Faturou uma quebra no game inicial do terceiro e voltou ao jogo ao descontar a vantagem do rival no placar. Em momento favorável, o belga começou melhor no quarto set e obteve nova quebra de saque logo no início, enquanto o adversário apresentava dificuldade para se movimentar em quadra.

Desta vez, Federer reagiu prontamente e devolveu a quebra em seguida. Irregular, Malisse voltou a perder o saque na sequência e viu o adversário virar o placar. Sem demonstrar maiores sinais de dor, o suíço mostrou força no saque e fechou o jogo, sem sobressaltos.

E ainda: Bellucci projeta estreia difícil em Challenger alemão

De olho na semifinal, quando poderá fazer novo confronto com Novak Djokovic, Federer enfrentará nas quartas o vencedor do confronto entre o russo Mikhail Youhzny e o casaque Denis Istomin.

Leia tudo sobre: tênisroger federerwimbledon

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG