Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Nadal tenta o hepta e marca histórica, e Djokovic quer título inédito em Paris

Espanhol busca ultrapassar Bjorn Borg e se tornar o "Rei de Roland Garros", enquanto o sérvio tenta o único Grand Slam que resta em sua carreira

iG São Paulo |

Getty Images
Nadal enfrenta Djokovic em busca de seu sétimo título em Roland Garros

Em busca de marcas históricas em suas carreiras, Rafael Nadal e Novak Djokovic travam neste domingo, a partir das 10hs (horário de Brasília), a grande final de Roland Garros. O espanhol vai atrás do hepta e tenta bater a marca histórica de Bjorn Borg, já o sérvio vai em busca do único título de Grand Slam que resta em sua coleção.

Nadal ou Djokovic, quem será o campeão de Roland Garros? Deixe o seu comentário

Rafael Nadal vem atropelando todos seus oponentes nessa edição de Roland Garros e ainda não perdeu nenhum set no torneio. Djokovic, por sua vez, teve mais dificuldades, principalmente no confronto de quartas de final contra Jo-Wilfried Tsonga, em que salvou quatro match points e venceu por 3 sets a 2. No entanto, o número 1 do mundo está embalado após vitória contra Roger Federer, nas semifinais.

Leia mais: Sharapova vence Roland Garros pela primeira vez e "fecha" Grand Slams

O espanhol tem a seu favor o incrível retrospecto de 51 vitórias e apenas uma derrota na história de Roland Garros. O sueco Robin Soderling foi o responsável por tamanha façanha nas quartas de final da edição de 2009 do torneio. Os tenistas já se enfrentaram três vezes em Paris e Nadal venceu todas as partidas.

Confira ainda: Bia Maia vai ao tie-break, mas perde final de duplas juvenil de Roland Garros

Este será o 33º duelo entre Nadal e Djokovic. O espanhol leva a melhor com 18 vitórias, contra 14 do tenista número 1 do mundo da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais).

AP
Djokovic vai atrás de seu primeiro título em Roland Garros

 Acompanhe tudo sobre o tênis no blog do Paulo Cleto

O vice-líder do ranking venceu o último jogo entre os dois, válido pela final do Masters 1000 de Roma. Mas na grande partida entre os dois nesta temporada, Djokovic derrotou Nadal em 'batalha épica', na grande decisão do Aberto da Austrália, que durou incríveis 5h53min.

Além do título do mais charmoso Grand Slam do circuito profissional de tênis, o vencedor do duelo leva para casa um prêmio de 1,250 milhão de euros, cerca de R$ 3,1 milhão.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG