O tenista espanhol já conquistou o título do Torneio de Monte Carlo seis vezes. Das 43 partidas disputadas, ele venceu 42

Nesta sexta-feira, o espanhol Rafael Nadal não deu chances a Stanislas Wawrinka e eliminou o suíço do Masters 1000 de Monte Carlo, com parciais de 7/5 e 6/4. Foi a oitava derrota consecutiva de Wawrinka para o espanhol, que avançou para as semifinais da competição.

Leia mais: Berdych vence Murray e vai à semifinal em Monte Carlo

No duelo, Wawrinka anotou cinco aces, contra quatro de Rafael Nadal. O espanhol teve um excelente aproveitamento de pontos após o seu primeiro serviço, ficando com 82% deles. Nadal quebrou o saque de seu adversário em três de sete oportunidades, enquanto que o suíço conseguiu o break-point uma única vez.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No retorno, o desempenho de Stanislas Wawrinka foi fraco, com somente 26% dos pontos obtidos nessa situação, contra 40% de Rafael Nadal. O retrospecto de Nadal no torneio é impressionante. O número 2 do mundo tem 42 vitórias em 43 partidas disputadas em Monte Carlo, sendo 40 delas em sequência. Ele já foi campeão em sete oportunidades.

Rafael Nadal durante a vitória contra Stanislas Wawrinka
AFP
Rafael Nadal durante a vitória contra Stanislas Wawrinka

Na semifinal, o espanhol mede forças contra o francês Gilles Simon, que superou seu compatriota Jo-Wilfried Tsonga, com 7/5 e 6/4, mesmo placar da semifinal entre Nadal e Wawrinka. Gilles diminuiu o prejuízo no retrospecto contra Tsonga e agora, em seis confrontos entre os franceses, o semifinalista tem duas vitórias.

Simon levou vantagem nos pontos após o seu primeiro saque, saindo com eficiência de 81% dos pontos vencidos nessa condição. O tenista de Nice (FRA) conseguiu cinco quebras de serviço em nove oportunidades, enquanto que Tsonga obteve três break-points em quatro chances.

Gilles Simon, número 15 do mundo, tem a ingrata missão agora de derrotar o praticamente imbatível Rafael Nadal, que não perde em Mônaco desde 2003. Os dois se encontraram em cinco oportunidades no circuito até agora, com quatro triunfos do atleta maiorquino. No último jogo, válido pelo Aberto dos EUA, vitória de Nadal com 6/4, 6/4 e 6/2.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.