iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

09/12 - 13:27

Bellucci, Mello e Daniel se garantem no Aberto da Austrália
João Souza, o Feijão, ainda pode entrar na chave principal do Grand Slam caso nove tenistas desistam de disputar a competição

Gazeta Esportiva

Com três tenistas no top 100, o Brasil tem três representantes garantidos no Aberto da Austrália. Thomaz Bellucci, Ricardo Mello e Marcos Daniel carimbaram o passaporte para Melbourne em janeiro, com o tenista de Tietê viajando como cabeça de chave número 32.

Atual número 31 do ranking, Bellucci ficou uma posição a menos na relação dos tenistas do Austrália Open por causa da entrada de Juan Martin Del Potro, que chega com ranking protegido por causa do tempo em que ficou lesionado neste ano. O argentino entra no primeiro Grand Slam do ano com o status de número cinco do mundo.

Vipcomm
Bellucci foi premiado pela Confederação Brasileira de Tênis como melhor tenista do ano

Além de Del Potro, Dmitry Tursunov também aparece com o ranking protegido e por isso teve sua presença confirmada no torneio australiano. O russo, que ocupa apenas a 197ª colocação, perdeu praticamente todo o primeiro semestre por causa de uma lesão.

O Brasil ainda pode contar com mais um tenista em Melbourne, mas para isso precisaria de sorte. João Souza, o Feijão, pode entrar na chave principal do Grand Slam caso outros nove tenistas desistam de disputar a competição, algo pouco provável. Porém, se não conseguir entrar direto, Feijão será um dos cabeças de chave do qualifying, mantendo vivo o sonho de jogar o Aberto da Austrália.


Leia mais sobre: Thomaz Bellucci Ricardo Mello Marcos Daniel Aberto da Austrália ATP Tênis João Souza

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias