iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

03/12 - 11:18

Derrotados na Índia, brasileiros preveem duelo contra Colômbia em 2011

Brasil espera vencedor de confronto entre colombianos e uruguaios no Zonal Americano da Copa Davis

Gazeta Esportiva

Pelo quinto ano consecutivo, o Brasil caiu nos playoffs da Copa Davis e perdeu a chance de retornar ao Grupo Mundial. Derrotados pela Índia no último mês de setembro, Thomaz Bellucci, Ricardo Mello, Bruno Soares e Marcelo Melo preveem um duelo contra a Colômbia em 2011.

Na próxima temporada, o Brasil fica de bye na primeira rodada do Zonal Americano e apenas espera pelo vencedor do confronto entre Uruguai e Colômbia. Apesar da condição de visitantes entre os dias 4 e 6 de março, os colombianos são apontados como favoritos pelos tenistas convocados por João Zwetsch na última série.

"Eles têm dois grandes jogadores, o Falla e o Giraldo, que estão sempre jogando os torneios de alto nível. O Giraldo tem conseguido bons resultados. Se a Colômbia realmente vencer, vai ser bem complicado para a gente", afirmou o duplista Marcelo Melo.

Entre 1970 e 2009, os dois países somam 11 confrontos, com seis vitórias da Colômbia. O Uruguai perdeu os últimos três duelos, já que não triunfa desde 2003. Enquanto os colombianos Santiago Giraldo (64º) e Alejandro Falla (105º) costumam frequentar os grandes torneios, Pablo Cuevas (63º) é o único uruguaio no top 300 de simples e duplas.

Bruno Soares, parceiro de Marcelo Melo, descarta um eventual aumento da pressão em função da série de insucessos acumulados pelo Brasil nos playoffs desde 2006. "Eu acho que não influencia. O Grupo Mundial tem só 16 equipes e é difícil entrar mesmo. Tem que ter paciência", afirmou.

Atual 31º colocado do ranking mundial, Thomaz Bellucci também aposta na equipe de Giraldo e Falla. "A Colômbia é favorita por ter dois jogadores mais bem ranqueados. Mas o Uruguai tem o Cuevas, que joga simples e duplas muito bem. Independente de quem passar, vais ser duro para nós", declarou.[imagem=16895#alinhamento=dir#legenda=Thomaz Bellucci vê Colômbia como favorita#credito=423]Depois de abrir 2 a 0 contra a Índia em Chennai, o Brasil tomou a virada e perdeu por 3 a 2. No último ponto da série, Ricardo Mello caiu diante de Rohan Bopanna, especialista em duplas e então 479º do ranking de simples. Apesar da decepção, o brasileiro garante que o tropeço já está superado.

"Foi uma derrota muito dura, bastante desgastante para nós. Ele jogou bem e temos que reconhecer, mas já estamos com a cabeça no ano que vem. Precisamos aprender com nossos erros. Tenho certeza que o time vai saber lidar melhor com a situação em 2011 e não vai perder a próxima oportunidade", disse Mello.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias