iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

30/11 - 16:06

Em negociação com Larri, Bellucci quer novo técnico em uma semana
Tenista não se furtou a elogiar o ex-técnico de Gustavo Kuerten, mas evitou confirmar a contração

Gazeta Esportiva

Depois de voltar de férias no último final de semana, Thomaz Bellucci já começou a pré-temporada para 2011. Atual 31º colocado do ranking mundial, o tenista de 22 anos negocia com Larri Passos e espera definir seu novo treinador até a próxima terça-feira.

Ao lado de outros tenistas, Bellucci participou de testes físicos promovidos pela CBT (Confederação Brasileira de Tênis) em São Paulo na manhã desta terça. O jovem não se furtou a elogiar o ex-técnico de Gustavo Kuerten, mas evitou confirmar a contração.

"Estou vendo ainda. Não tem nada definido. Estamos conversando, vendo o que é melhor para a gente. O Larri é um grande técnico e tem muita coisa para me ajudar. Nessa semana, vou priorizar o físico e o torneio de Mogi. Até terça-feira, vamos definir tudo", disse Bellucci.

No feriado do último dia 15 de novembro, o jovem visitou Larri Passos em Balneário Camboriu e conversou sobre a possibilidade de iniciar uma parceria. Roberto Marcher, diretor técnico da Koch Tavares, se diz otimista com a negociação e aposta no trabalho da dupla.

O ex-técnico de Guga mantém uma academia em Santa Catarina e treina algumas promessas brasileiras, entre elas Thiago Fernandes, atual campeão do Aberto da Austrália Juvenil. Além disso, está empolgado com o trabalho desenvolvido junto a um tenista chinês.

Desta forma, o treinador acompanharia Bellucci apenas nos torneios maiores, algo que não é encarado com um impedimento à parceria por ambas as partes. Questionado sobre o assunto, o tenista deu a entender que a negociação está avançada. "Essas coisas de calendário, a gente ainda não definiu", disse.










SEM MÁGOAS


Thomaz Bellucci e João Zwetsch começaram a trabalhar juntos no final de 2008. Depois de cair de rendimento no segundo semestre deste ano, o jogador falou em "desgaste" e dispensou o técnico. Segundo o jovem, no entanto, a relação entre os dois é boa.

"A gente conversa normalmente e não tem mágoa nenhuma. Ele é o capitão da Copa Davis e continua tudo normal. Não trabalhamos mais juntos, mas a relação de amizade continua igual", afirmou Bellucci.

Dois dias antes de dispensar seu então técnico, em uma declaração polêmica o tenista criticou os treinadores brasileiros em geral, poupando apenas João Zwetsch e Larri Passos. "Eu não me arrependo, falei tudo que tinha que falar", disse Bellucci



Larri Passos acompanhou Gustavo Kuerten desde o início da carreira do tenista. Sob o comando do treinador, o catarinense foi tricampeão de Roland Garros e alcançou o topo do ranking mundial. Thomaz Bellucci, admirador de Guga, admite que se sentiu atraído pelo trabalho do técnico ao lado do ex-jogador.

"Com certeza, foi muito por causa do Guga. Ele foi o melhor jogador brasileiro e o Larri foi técnico dele. Então, o Larri tem um grande prestígio não apenas no Brasil, mas em todo o circuito. É um cara muito respeitado", explicou o tenista, que dispensou os trabalho de João Zwetsch no último dia 24 de outubro.

Desde que Gustavo Kuerten se despediu em Roland Garros-2008, os jovens brasileiros são comparados com o ex-número 1 do mundo, algo que aconteceu com Bellucci ao longo da carreira e pode ganhar intensidade em uma eventual parceria com Larri Passos.

"Eu acho que não vai acontecer, mas se as comparações aumentarem tenho que saber levar numa boa. Já estou acostumado com esse tipo de coisa. Além disso, o Larri é um cara que sabe administrar muito bem as coisas extra-quadra. Acho que isso não vai ser um grande problema", afirmou Bellucci, como se a parceria já estivesse definida.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias