iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

17/01 - 20:19

Chave feminina vê encontro de gerações em Melbourne
Sete das 128 mulheres inscritas no Aberto da Austrália contam com títulos de Grand Slam no currículo

Gazeta Esportiva

A chave feminina do Aberto da Austrália-2010 é uma das mais atrativas de um Grand Slam para mulheres nos últimos anos. A partir da noite deste domingo, as jogadoras desfilarão pelas quadras em Melbourne em um verdadeiro encontro entre de gerações.

Sete das 128 mulheres inscritas no Aberto da Austrália contam com títulos de Grand Slam no currículo: as belgas Kim Clijsters e Justine Henin, a sérvia Ana Ivanovic, as russas Svetlana Kuznetsova e Maria Sharapova e as norte-americanas Serena e Venus Williams. Juntas, elas somam 33 majors em simples.

Ex-líderes do ranking mundial, as duas belgas representam o passado. Kim Clijsters resolveu encerrar a carreira para ser mãe e coroou sua volta ao circuito no ano passado com o título do Aberto dos Estados Unidos. Justine Henin também decidiu retornar em 2010 após abandonar o esporte de maneira precoce.

Cabeça de chave número 15 do torneio, Clijsters, 26 anos, tem seu primeiro compromisso contra a qualifier canadense Valerie Tetreault. Convidada pela organização aos 29 anos, Henin, campeã do Aberto da Austrália-2004 após vencer a própria Clijsters na final, estreia diante da compatriota Kirsten Flipkens.

Ao lado de Clijsters, Serena Williams, 28 anos, é apontada como principal favorita ao título. Campeã em Melbourne nas temporadas de 2003, 2005, 2007 e 2009, a atual líder do ranking mundial inicia a caminhada em busca do tetracampeonato diante da polonesa Ursula Radwanska.

Assim como sua irmã, Venus Williams, 29 anos, representa o presente do tênis feminino. Uma das jogadoras que dominou o circuito ao longo dos últimos anos, ela estreia como sexta favorita ao título diante da tcheca Lucie Safarova e com a experiência do vice-campeonato de 2003, quando foi derrotada por Serena.

O futuro é simbolizado pela dinamarquesa Caroline Wozniacki. Nascida em 1990, a tenista que profissionalizou logo depois de completar 15 anos tem seis títulos e seis vice-campeonatos, entre eles o do Aberto dos Estados Unidos-2009. Quarta mais cotada em Melbourne, ela pega sua quase xará, a canadense Aleksandra Wozniak na primeira rodada.

A russa Dinara Safina, que alcançou a liderança do ranking mundial no ano passado, é mais uma representante do futuro. Vice-campeã no ano passado, a jovem de 23 anos ainda luta por seu primeiro Grand Slam e estreia contra a eslovaca Magdalena Rybarikova.

Aos 22 anos de idade, Ana Ivanovic e Maria Sharapova lutam para voltar às primeiras colocações do ranking mundial. Cabeça de chave número 14 e algoz da sérvia na final de 2008, a russa estreia contra a compatriota Maria Kirilenko. Já a tenista de Belgrado, 20ª favorita, começa diante da qualifier norte-americana Shenay Perry.

Do grupo de sete tenistas que estão no Aberto da Austrália e têm títulos de Grand Slam no currículo, Svetlana Kuznetsova é a única que jamais liderou o ranking mundial. Terceira favorita ao título e quadrifinalista em 2005 e 2009, ela estreia contra a local Anastasia Rodionova.


Leia mais sobre: Aberto da Austrália

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias