iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

04/01 - 08:33

Bellucci brilha no saque, bate argentino e começa bem o ano
Diante do ex-top 15 Juan Ignacio Chela, o tenista brasileiro teve 12 aces e venceu por 2 sets a 1 na Austrália

Gazeta Esportiva

Se em 2008 a temporada de quadras duras na Oceania de Thomaz Bellucci não incluiu vitórias em chaves principais, um ano depois ele começou bem e já no primeiro desafio conseguiu ganhar. Diante do ex-top 15 argentino Juan Ignacio Chela, o brasileiro brilhou no saque e com 12 aces obteve o placar de 6/3, 3/6 e 6/1 pelo ATP 250 de Brisbane após 1h45 de partida.

Trata-se do primeiro êxito de Bellucci em três compromissos contra Chela, para quem havia perdido, sempre no saibro, em Buenos Aires e Barcelona. Na madrugada de domingo para segunda-feira (horário de Brasília), a superfície dura favoreceu bastante o serviço do homem de 1,88 m, que foi bem no fundamento especialmente no terceiro set: foram seis aces e 81% de pontos ganhos quando encaixou o primeiro saque.

Desse modo, o brasileiro venceu ainda de forma inédita em Brisbane pelo menos em termos oficiais. Na última temporada, ele havia parado na segunda rodada do qualifying na cidade, falhando ainda na tentativa de entrar na chave em Auckland e perdendo na estreia do Aberto da Austrália.

Superado Chela, Bellucci encara outro veterano na segunda rodada da competição, Harel Levy. O israelense, de 31 anos, surpreendeu o francês Michael Llodra, número 67 do mundo, por 6/0 e 6/2 em apenas 41 minutos. Dono da 30ª posição do ranking em 2001, o europeu ocupa atualmente a 119ª e fará na próxima quarta-feira um confronto com o paulista que jamais aconteceu.


Mais perto de ser favorito em Melbourne
Além de ter iniciado bem o ano, Thomaz Bellucci também teve motivos para comemorar no que toca suas chances de ser cabeça-de-chave do Aberto da Austrália. Um dos candidatos a esse posto, o francês Jeremy Chardy caiu logo na abertura do Torneio de Brisbane, levando um duplo 6/4 do colombiano Alejandro Falla.

Atualmente o número 36 do mundo, o tenista de 22 anos precisa galgar mais quatro postos para ser o primeiro pré-classificado brasileiro de um Grand Slam desde Gustavo Kuerten no Aberto dos Estados Unidos de 2004.

A última chance do jovem de somar pontos nesse sentido é justamente nesta semana, quando a classificação às semis bastará para ultrapassar Chardy e também outros rivais como Paul-Henri Mathieu, atualmente lesionado, e John Isner e Igor Andreev, que estão atuando na Copa Hopman, evento misto por equipes que a ATP não leva em consideração.


Leia mais sobre: Thomaz Bellucci Juan Ignacio Chela ATP de Brisbane

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Thomaz Bellucci

Thomaz Bellucci
Tenista brasileiro ocupa atualmente a 36ª colocação mundial no ranking da ATP

Topo
Contador de notícias