iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

07/06 - 11:05

Torcedor invade quadra na final de Roland Garros
Contudo, os seguranças do complexo de Roland Garros agiram rapidamente e impediram o fã de chegar perto do número 2 do mundo

Gazeta Esportiva

PARIS (França) - Enquanto Roger Federer se preparava para receber o saque de Robin Soderling no quarto game do segundo set, um torcedor invadiu a quadra Philippe Chatrier para abraçar o tenista suíço. Contudo, os seguranças do complexo de Roland Garros agiram rapidamente e impediram o fã de chegar perto do número 2 do mundo.

O episódio nos remete ao ocorrido no dia 30 de abril de 1993, nas quartas de final do Aberto de Hamburgo. Maior promessa da época e líder do ranking mundial, a norte-amerciana Monica Seles enfrentava a búlgara Magdalena Maleeva em uma partida tranquila. Contudo, Guenter Parche, um torcedor da alemã Steff Graff, invadiu a quadra e apunhalou a norte-americana pelas costas, alegando seu desejo de ver a esposa de André Agassi de volta ao topo do ranking mundial.

O ocorrido chocou o mundo do esporte e interrompeu por algum tempo a carreira promissora da ex-número 1 do mundo no circuito da WTA (Associação das Tenistas Profissionais). Seles sempre promoveu queixas sobre a segurança para os tenistas dentro de quadra, mesmo antes do ocorrido. Após a fatalidade com a norte-americana, o tênis mundial viu mudanças no tratamento com os atletas e sua relação com os fãs.

Desde o acontecimento em Hamburgo, os tenistas tiveram suas cadeiras mudadas de posição na quadra. Primeiramente, os atletas ficavam de frente para o árbitro principal, de costas para a maior parte do público. Há algum tempo, o local onde os jogadores fazem sua hidratação fica ao lado do comandante da partida.

Outra vertente alterada é o número de seguranças dentro da quadra. Porém, mesmo com o aumento do contingente, ocorre invasões de quadra, como na decisão deste domingo, em Roland Garros.


Leia mais sobre: Roger Federer Philippe Chatrier Robin Soderling

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias