iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

13/05/2009 - 12:25

Capitão dos EUA na Davis quer tenista capaz de atuar no saibro

"Não acho que você pode necessariamente fabricar um campeão, mas sim um entorno onde seja mais fácil encontrá-lo", explica Patrick McEnroe

Gazeta Esportiva

O capitão da equipe dos Estados Unidos na Copa Davis, Patrick McEnroe, quer produzir um novo grande campeão, a exemplo de André Agassi, que se aposentou na temporada de 2006. Para lograr o feito, o técnico espera um jogador completo, capaz de atuar no saibro, algo raro entre os norte-americanos.

"Se você desenvolver mais jogadores na terra batida, então se converterão em melhores em todas as quadras, inclusive melhores nas quadras rápidas", declarou McEnroe. O ex-tenista acredita que a forma de jogar "mudou" com todos os avanços do esporte e disse que agora os jogadores precisam "aprender a construir o ponto".

"Não estamos ensinando nossos jogadores a ser tenistas no saibro, não seremos um país de terra batida rapidamente, mas certamente sentimos que isso é uma parte fundamental do desenvolvimento dos garotos para se converter em jogadores completos", explicou McEnroe.

Depois de dominar a década de 1990 com Pete Sampras e Andre Agassi, os norte-americanos não vencem um Grand Slam desde que Andy Roddick levou o Aberto dos Estados Unidos, em 2003. Em Roland Garros, o último triunfo dos Estados Unidos veio em 1999, com Andre Agassi, que se aposentou em 2006.

"Não acho que você pode necessariamente fabricar um campeão, mas sim um entorno onde seja mais fácil encontrá-lo. Estamos tentando encontrar os que podem se tornar profissionais legítimos e acreditamos que, a longo prazo, quanto mais desses tenhamos, maior será a possibilidade de encontrar o próximo Pete Sampras", disse.

Por outro lado, Patrick McEnroe não quer que os jogadores norte-americanos mudem a "mentalidade agressiva", mas sim que os jovens tenistas dos Estados Unidos aprendam "como construir os pontos melhor, usar todas as pistas melhor e como estar mais em forma".


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias