iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

28/04 - 15:49

Para dirigente, Roger Federer tem 'problema mental'

Problema psicológico veio com a perda do posto de número 1 do mundo para Nadal, afirmou Francesco Ricci Bitti

Gazeta Esportiva

GENEBRA (Suíça) - O suíço Roger Federer, atualmente em uma de suas piores fases de sua carreira, ganhou um importante aliado para voltar aos tempos de glórias: Francesco Ricci Bitti, presidente da Federação Internacional de Tênis (ITF). Para o dirigente italiano, o problema do número dois do mundo é psicológico, já que agora perdeu o posto de número um para o espanhol Rafael Nadal.

Francesco Bitti afirmou que Federer possui "um problema mental e que necessita se adaptar a uma nova situação". Entretanto, ele ainda exalta o talento do suíço, afirmando que o tenista ainda mostra "qualidades excepcionais e continuidade incrível", mas que retornar ao topo não será fácil, pois as competições são "muito duras".

O presidente da ITF ainda comentou sobre a atual fase de Rafael Nadal, que 'destronou' Federer e vem ganhando seguidos torneios em sua carreira. Para Bitti, mesmo com todas as glórias alcançadas até agora, o espanhol não é invencível, e tratou de elogiar as novas revelações surgidas na modalidade.

"Ele não chega a ser imbatível, mas, na atualidade, não há ninguém que possa superá-lo. O tênis está vivendo um período maravilhoso, com novas figuras como Novak Djokovic e Martín Del Potro", revelou o diretor.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias