iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

21/01 - 09:15

Irmãos Safin avançam na Austrália
Safin vai duelar na terceira rodada contra Roger Federer, segundo cabeça-de-chave

Reuters

MELBOURNE (Austrália) - Os irmãos russos Dinara Safina e Marat Safin passaram na quarta-feira à terceira rodada do Aberto de Tênis da Austrália.

Safina, terceira cabeça-de-chave do torneio, derrotou a compatriota Ekaterina Makarova por 6-7, 6-3 e 6-0. Marat, ex-número 1 do mundo e ex-ganhador dos Abertos da Austrália e dos EUA, passou por Guillermo García-Lopez por 7-5, 6-2 e 6-2.

"Estou só tentando achar o meu jogo. Estou tentando ser agressiva", disse Safina, explicando o caráter errático de alguns de seus golpes, ao mesmo tempo em que admitia gostar do status de favorita.

"Agora quando eu treino tem mais gente de pé me olhando... Pego uma quadra melhor, não sou mais só a irmã do Marat", sorriu ela.

Marat Safin vai duelar na terceira rodada contra Roger Federer, segundo cabeça-de-chave, que, numa bela partida, venceu o russo Evgeny Korolev por 6-2, 6-3 e 6-1.

Safin, duas vezes finalista na Austrália (sendo vencedor em 2005), está ansioso pelo duelo com Federer, dono de 13 títulos do Grand Slam.

"Estou esperando. Não tenho nada a me preocupar. Vou jogar o meu jogo", declarou o russo. "Nós nos conhecemos bastante bem. Ele sabe jogar contra mim; eu sei jogar contra ele. Infelizmente, não ganhei muitas partidas contra ele, mas (...) é outra chance. Não tenho nada a perder. Venha o que vier."

Três sérvios também passaram à próxima rodada na Austrália: Jelena Jankovic, Ana Ivanovic e Novak Djokovic, atual campeão.

Jankovic, cabeça-de-chave principal entre as mulheres, derrotou Kirsten Flipkens por 6-4 e 7-5. Ivanovic, quinta colocada na chave, bateu Alberta Brianti por 6-3 e 6-2.

"Ela não é uma adversária fácil. Pode ser muito perigosa", disse Ivanovic, admitindo que seu tênis ainda tem alguns pontos a melhorar. "Ao progredir no torneio, você pega oponentes mais duras, então automaticamente aumenta o seu nível."

Depois de um primeiro set equilibrado, Djokovic, número 3 do mundo, não teve dificuldades para vencer o francês Jeremy Chardy (7-5, 6-1 e 6-3).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias