iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

07/01 - 15:14

Ferreiro avança e pega Feijão após desistência de Daniel
Sem grandes dificuldades, Ferreiro voltou a exibir o bom nível de jogo que havia marcado sua estréia na competição

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A edição 2009 do Challenger de São Paulo segue sendo muito boa para os donos da casa. Ainda presente em grande número na chave principal do evento, o tênis brasileiro já tem pelo menos um representante garantido na semifinal.

Isso acontece porque Franco Ferreiro abriu a rodada desta quarta-feira vencendo o mexicano Bruno Echagaray por 6/4 e 6/3 e agora enfrentará nas quartas-de-final João Souza, o Feijão, classificado após a desistência de Marcos Daniel.

O bom início de ano para o Brasil no Parque Villa Lobos já havia ficado claro quando, dos 12 tenistas nacionais presentes na chave principal, sete chegaram à segunda rodada – o oitavo ainda será Thiago Alves ou Rafael Camilo, que abrem suas caminhadas nesta quarta. Mais importante ainda para os brasileiros é que pelo menos um deles estará na semifinal, visto que Ferreiro desafiará Feijão.

Sem grandes dificuldades, Ferreiro voltou a exibir o bom nível de jogo que havia marcado sua estréia na competição, quando o argentino Leonardo Mayer, quinto cabeça-de-chave, acabou eliminado. Contra Echagaray, o brasileiro 199º colocado do ranking de entradas esteve muito firme no saque e, agressivo, ainda faturou muitos pontos junto à rede.

Feijão, por sua vez, encontrou ainda mais facilidade para garantir presença no próximo estágio do Aberto de São Paulo, já que Marcos Daniel decidiu desistir do duelo. Principal favorito ao título, o tenista resolveu abandonar a competição nas oitavas-de-final em função de uma lesão. 

Marcos Daniel sentiu o problema logo na estréia. “No tie-break da partida contra o Fernando Vicente, numa bola boba, senti um desconforto na região do glúteo. Consegui continuar na partida e acabei vencendo. Mas a contusão se agravou e como o jogo não pode ser adiado, tive que desistir”, explicou.

Apesar da classificação sem esforço, Feijão lamentou a desistência do compatriota. “Foi uma pena. Sinto muito pelo Marquito. Queria vencer em quadra, mas já que não deu, agora é pensar no Franco Ferreiro. Nos conhecemos bem e será uma partida muito difícil”, declarou o tenista brasileiro.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias