iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

16/12 - 19:32

Provável novo capitão argentino deve causar polêmica

Modesto Vázquez deve chegar para assumir o lugar de Alberto Mancini, mas seu nome não é bem-vindo pelos tenistas

Gazeta Esportiva

BUENOS AIRES (Argentina) - O novo capitão da equipe argentina na Copa Davis deve ser Modesto Vázquez, que chegaria para assumir o lugar de Alberto Mancini. A Associação Argentina de Tênis deve fazer o anúncio oficial ainda nesta terça-feira, após a reúnião do Conselho Diretivo da entidade.

Caso a expectativa se confirme, a escolha deve provocar polêmica no esporte do país vizinho, vice-campeão da Copa Davis.

Modesto Vázques não é um nome que agrada aos jogadores, que preferiam Martín Jaite. 'Digo com toda a dor da alma. Teria gostado muito, mas ontem me ligaram da Associação e disseram que não seria o capitão', afirmou o treinador pleiteado pelos tenistas nesta terça-feira, na apresentação de um torneio que será disputado em Buenos Aires.

De acordo com o jornal Olé, a intenção da Associação Argentina de Tênis tem um viés político. A idéia da entidade seria recuperar o controle do grupo após uma suposta falta de comando durante a fina da Copa Davis diante da Espanha, em Mar del Plata. O vice-presidente da organização, Arturo Grimaldi, teria chegado a conclusão de que Mancini estava demasiadamente próximo dos jogadores.

O diário argentino assegura que a escolha de Vázques desagradou a maioria dos jogadores, que não teria sido consultada. 'Sinceramente, não o conhecemos. Mais uma vez, passaram por cima de nós', disse um dos tenistas argentinos que estão no top 100 do ranking da ATP e não foi identificado pelo jornal. '90% dos jogadores queriam Jaite e ainda tinha opções como Frana, Mastelli... Com Vázques, falamos outro idioma', afirmou o jogador.

Em declarações ao jornal, o ex-jogador Luis Clerc também criticou a provável escolha da Associação Argentina de Tênis e falou em 'amiguismo'. 'Ele não é o capitão que a Argentina precisa, tem gente mais capacitada e atualizada com o que está acontecendo hoje no Circuito. É uma má notícia para o tênis argentino, justo no momento em que ganhar a Copa Davis devia ser a prioridade de todos', declarou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias