iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

06/12 - 12:44

Vilas esquenta briga e se oferece para ser capitão argentino

Ex-número dois do planeta se junta assim à lista que já conta com os nomes de Martín Jaite, Hernán Gumy e Luis Lobo

Gazeta Esportiva

BUENOS AIRES (Argentina) - Se já era acirrada, a disputa para ser o capitão da Argentina na Copa Davis esquentou ainda mais depois que Guillermo Vilas anunciou ter interesse em assumir a função. Maior tenista alviceleste de todos os tempos, o ex-número dois do planeta se junta assim à lista que já conta com os nomes de Martín Jaite, Hernán Gumy e Luis Lobo.

Nesta sexta-feira, Vilas aproveitou uma clínica ministrada por ele para jovens jogadores de até 12 anos de idade em Buenos Aires para deixar claro que entre seus objetivos está se tornar o próximo capitão argentino da Copa Davis.

“Se precisarem de mim, estou aqui”, disse o ganhador de quatro Grand Slams ao diário Olé, somando-se aos postulantes a substituir Alberto Mancini, que anunciou a saída após a derrota para a Espanha na final da competição deste ano. “Sempre é bom ajudar a equipe do país e pertencer ao vasto número de pessoas que se propõe a ser capitão me orgulha. Depois a Associação (Argentina de Tênis) vai decidir. Um se põe à disposição para que eles saibam que podem contar com nós.

Embora tenha se dedicado mais aos bastidores do tênis que propriamente às quadras desde que aposentou a raquete, em 1992, Vilas garante acompanhar de perto as trajetórias dos representantes argentinos da modalidade, podendo competir de igual para igual, portanto, com Jaite, Gumy e Lobo, que costumam viajar pelo circuito internacional treinando jogadores.

“Este ano vi de perto (Eduardo) Schwank e também (Agustín) Calleri”, afirmou o ícone, defendendo-se das críticas de que fica afastado do convívio dos atuais tenistas argentinos. “Eu sigo a carreira de todos. Os que têm de ficar contentes são os garotos. Já os capitães são aqueles que devem escolher os atletas. Às vezes, alguns deles se sentem mais conectados com um capitão com quem tenham contato diário. No meu caso, sempre aprendi mais daqueles adeptos da conversa”.


Leia mais sobre: Guillermo Vilas Copa Davis



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo