iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

22/11 - 10:18

Del Potro despista, mas não deve jogar quarto ponto da final

Argentino acabou derrotado de modo surpreendente por López e sofre com problemas nos pés e distensão na coxa direita

Gazeta Esportiva

MAR DEL PLATA (Argentina) - Como se não bastasse a surpreendente derrota de Juan Martín del Potro que empatou a final da Copa Davis, a Argentina deve ser obrigada a abrir mão do jovem tenista para as partidas de domingo. Se, apesar da lesão que atrapalhou seu rendimento diante de Feliciano López o número nove do mundo preferiu despistar quando perguntado sobre as possibilidade de voltar à quadra em Mar del Plata, uma fonte ligada à equipe alviceleste já adiantou ao diário Olé: Del Potro está fora da decisão.

Atualmente o argentino mais bem colocado no ranking de entradas, o tandilense era favorito para superar López no segundo embate da sexta-feira por vários motivos: o espanhol, dono da 31ª posição na lista da ATP, apresentava retrospecto negativo no confronto direto (1 a 2), vinha pressionado pela vitória de David Nalbandian sobre David Ferrer e, mais, acabou perdendo o primeiro set por 6/4.

Entretanto, a agressividade do tenista que reside em Madri, adepto dos saques potentes e das subidas à rede, acabou completamente com Del Potro e calou a torcida no ginásio Islas Malvinas. Pior ainda para o representante local é que, além de ter continuado com problemas nas unhas dos pés que o fizeram apelar a uma infiltração para poder atuar, uma distensão na coxa direita minou suas condições físicas e devem impedir seu retorno à quadra no domingo.

Visivelmente abatido após a derrota que pode complicar as chances argentinas de levantar a Copa Davis de forma inédita, Del Potro não quis adiantar sua situação visando ao próximo compromisso, em que deveria ter pela frente Ferrer. “Ainda não tenho diagnóstico para saber se disputo o quarto ponto”, disse o tenista de 20 anos, revelando que passará por exames médicos neste sábado.

Entretanto, uma fonte ligada ao selecionado albiceleste já confirmou ao jornal de Buenos Aires Olé: a lesão na coxa não permitirá que o número um dos mandantes volte a jogar em pouco tempo: “Tem uma distensão, nem contem com ele”, afirmou.

Se a informação for confirmada, Del Potro se limitará apenas a torcer pelos companheiros na final da competição: poderiam substituí-lo no domingo Agustín Calleri, que também competirá em duplas ao lado de Nalbandian, ou José Acasuso, tenistas que não apresentam grandes resultados sobre quadras rápidas como a de Mar del Plata.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo