iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

19/11 - 19:05

Organização de Wimbledon paga US$ 83 milhões para reaver controle da sede

Entidade visa recuperar os 50% dos quais abriu mão em 1934; dirigente não vê crise financeira como problema

Gazeta Esportiva

WIMBLEDON (Inglaterra) - A organização do torneio de Wimbledon irá pagar US$ 83 milhões para reaver o controle total do All England Club, recuperando os 50% dos quais abriu mão em 1934. Segundo o presidente da entidade, Tim Phillips, a Associação Britânica de Tênis receberá o valor a partir de 2013, quando termina o acordo atual.

O acerto de 40 anos será votado no próximo dia 10 e permitirá ao All England receber 10% dos lucros ao invés de repassá-los integralmente à Associação. Na última edição, Wimbledon gerou US$ 39 milhões de renda.

Para o dirigente, nem mesmo a atual crise econômica mundial coloca em risco o futuro do negócio, já que o torneio não deve ser gravemente afetado por seus efeitos. Apesar da aposta, cerca de um quarto dos atuais contratos de patrocínio do evento expiram nos próximos dois anos. Contudo, os acertos para transmissão pela televisão não necessitam ser renegociados a curto prazo.

'O novo arranjo certamente beneficiará tanto o tênis britânico quanto Wimbledon', avaliou Phillips, em entrevista à The Associated Press. 'Recuperamos nosso controle e seremos donos de nosso próprio destino, enquanto asseguramos o investimento no tênis britânico pelos próximos 40 anos, até 2053. Certamente, também nos ajuda ter novos jogadores mantendo o alto nível de interesse pelo tênis em nosso país'.

A última vez que um tenista da casa venceu em Wimbledon foi em 1936 com o título indo para Fred Perry. Virginia Wade foi a última campeã no feminino, em 1977.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias