iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

16/11 - 01:04

Capitão da equipe espanhola da Copa Davis diz que será "uma final brigada"
Sánchez disse que "é preciso pensar que 90% dos anfitriões ganharam a copa nos últimos 30 anos"

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - O capitão da equipe espanhola da Copa Davis, Emilio Sánchez Vigário, disse hoje que a final com a Argentina "vai ser brigada" e que a quadra do estádio Poliesportivo das Ilhas Malvinas de Mar del Plata "é um pouco estranha". Sánchez disse que "é preciso pensar que 90% dos anfitriões ganharam a copa nos últimos 30 anos", comentou.

"Mas em nível emocional (os argentinos) têm mais pressão porque o grande público pensa que a Argentina vai ganhar fácil e isso pode jogar contra eles. Vai ser uma final brigada", afirmou.

"O que mais preocupa são os jogadores argentinos, que são de primeiríssimo nível e que estão passando por um grande momento, com muitíssima confiança", comentou o capitão espanhol após a primeira jornada de treinamentos de sua equipe em Mar del Plata.

Quanto à superfície, disse que "está um pouco mista, com áreas que estão mais rápidas e outras mais lentas. É um pouco estranha, mas é assim para os dois".

Emilio evitou dizer quem será o substituto de Rafael Nadal, baixa por lesão. "É preciso esperar os treinos".

Ao ser consultado por David Ferrer, disse que "teve uma segunda parte do ano um pouco difícil", mas lembrou: "Foi o que nos deu o ponto mais importante contra os Estados Unidos na semifinal, quando ganhou, no quinto set, de Andy Roddick".

"Todos os jogadores espanhóis estão com muitas vontade, treinando com muita concentração", concluiu. EFE ee/ma

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo