iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

13/11 - 10:05

Eliminado, Tsonga bate Djokovic e mantém Federer como número 2
Francês confirmou a fama de ‘carrasco’ do sérvio ao vencê-lo pela terceira vez em menos de três meses

 

Gazeta Esportiva

XANGAI (China) - Com campanha invicta na Masters Cup até esta quinta-feira, Novak Djokovic mirava superar de vez a má fase e coroar a temporada 2008 tornando-se o segundo melhor jogador do mundo. No entanto, teve seus planos frustrados justamente por um tenista que não tinha mais chances de classificação: Jo-Wilfried Tsonga.

Mesmo eliminado de antemão do evento disputado em Xangai, o francês confirmou a fama de ‘carrasco’ do sérvio ao vencê-lo pela terceira vez em menos de três meses: parciais de 1/6, 7/5 e 6/1.

Embora não viesse em boa fase nos torneios de quadra cobertas – não passou das oitavas-de-final nos Masters Series de Madri e Paris –, Djokovic havia garantido triunfos sobre Juan Martin del Potro e Nikolay Davydenko em Xangai, o que lhe deu, além da vaga na semifinal da competição, a chance de assumir a segunda posição do ranking de entradas. Isso aconteceria caso o balcânico fosse campeão sem derrotas e Roger Federer caísse antes da semifinal (o que ainda pode acontecer).

Entretanto, o número três do mundo teve de se contentar com manter sua atual posição ao ser derrotado por Tsonga, que teoricamente seria o adversário mais fácil da chave, uma vez que já estava eliminado. Derrotado por Del Potro e Davydenko nas rodadas anteriores, o francês iniciou a partida desta quinta-feira dando a impressão de que as expectativas se confirmariam ao cair por 6/1 no primeiro set.

Porém, o sétimo colocado do ranking de entradas encontrou a motivação necessária – mesmo sem pretensões de avançar na Masters Cup, ele conseguiu faturar 100 pontos na lista da ATP e mais 100 mil dólares (R$ 231 mil) com o triunfo. Nesse contexto, o francês melhorou especialmente no serviço: saiu de um aproveitamento modesto de 50% de primeiro saque na parcial inicial para conseguir 65% e 67% nas etapas seguintes.

Ao vencer mais pontos de graça, Tsonga não só aumentou a confiança como conseguiu aplicar o seu jogo com mais tranqüilidade, colecionando diversas oportunidades para subir à rede e pressionar Djokovic, que viu sua esperança de avançar no ranking frustrada.

Apesar de lamentar a derrota que o coloca como um recente ‘freguês’ do francês, que já o havia batido na final do Torneio de Bangcoc e nas oitavas-de-final do Masters de Paris, o sérvio segue com chances de garantir o título em Xangai. Enquanto o rival voltará para casa mais cedo, o tenista de Belgrado enfrentará Andy Murray, Roger Federer ou Gilles Simon na semifinal.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Eliminado, mas rico
Mesmo fora do Masters, Tsonga conseguiu faturar 100 mil dólares pela vitória sobre Djokovic

Topo