iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

31/10 - 13:06

Nalbandian domina Murray e é primeiro semifinalista em Paris

Tenista argentino confirmou boa fase e venceu Murray por 2 sets a 0, passando para semifinal

Gazeta Esportiva

PARIS (França) - Vindo de 12 vitórias consecutivas no circuito profissional, Andy Murray encarava o Masters Series de Paris como grande chance para se firmar de vez entre os principais tenistas do planeta. Entretanto, o escocês teve de adiar os seus planos quando bateu de frente com David Nalbandian.

Dando show nas devoluções e impecável nos voleios, o argentino aplicou uma vitória em sets diretos de 7/6 (7-3) e 6/2 para se tornar o primeiro semifinalista do evento e manter suas chances de classificação à Masters Cup.

Atual campeão do Masters parisiense, Nalbandian mais uma vez comprovou a tese de que sobe de rendimento na reta final da temporada – ano passado, triunfou tanto na França quanto em Madri. Mais uma vez mais inteiro fisicamente que os concorrentes, visto que passou boa parte do ano machucado, o cordobês segue brilhando nas quadras rápidas cobertas: embora em 2008 tenha caído nas oitavas-de-final na Espanha, já foi campeão do Torneio de Estocolmo e vice no da Basiléia.

Contra Murray, nem a grande fase vivida pelo escocês, que poderia se tornar o primeiro tenista desde 1990 a vencer três Masters Series seguidos, foi suficiente para parar o argentino, que dominou as ações desde o início do jogo. Após derrubar o serviço do rival e abrir 3/2 no primeiro set, ele ainda deu bobeira e cedeu o empate antes de definir no tie-break.

Aproveitando o nível abaixo do esperado no serviço do europeu, que encaixou apenas 48% de seus primeiros saques, Nalbandian conseguiu quebrar o adversário mais três vezes na segunda parcial, chegando a abrir vantagem de 5/2. Novamente o número oito do mundo se desconcentrou e perdeu o serviço, mas isso não o impediu de encerrar o embate após 1h42 por 6/3.

Classificado às semis, o principal tenista do grupo alviceleste da Copa Davis ainda mantém suas chances de avançar à Masters Cup, competição vencida por ele em 2005. Para ficar entre os oito melhores da Corrida dos Campeões, o atleta nascido em Uquillo precisa conquistar o bi em Paris. Na tentativa de cumprir o objetivo, ele terá pela frente o espanhol Rafael Nadal ou o russo Nikolay Davydenko.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo