iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

28/10 - 09:45

Para voltar ao topo, Federer abandona exibições em 2009

Dono de 12 títulos de Grand Slam na carreira, o atual vice-líder do ranking da ATP disputou três partidas de exibição em novembro do ano passado

Gazeta Esportiva

BASILEIA (Suíça) - A perda da liderança do ranking de entradas da ATP obrigou Roger Federer a tomar algumas medidas para tentar recuperá-la. E uma delas foi anunciada nesta terça-feira pelo empresário do suíço: o fim das participações em torneios-exibição.

De acordo com Tony Godsick, representante de Federer, o tenista tem dois objetivos para 2009: recuperar o posto de melhor tenista do mundo e superar o 14 títulos de Grand Slam conquistados por Pete Sampras. Sem as exibições, o suíço poderia se concentrar apenas nos torneios mais importantes do calendário.

“Roger só jogará os torneios para os quais está programado no circuito, de forma a trabalhar em condições físicas ideais. Ele irá se concentrar nos grandes torneios”, afirmou Godsick.

Dono de 12 títulos de Grand Slam na carreira, o atual vice-líder do ranking da ATP disputou três partidas de exibição em novembro do ano passado (todas contra o próprio Pete Sampras), o que voltou a fazer em março deste ano e que teria atrapalhado sua agenda. No entanto, a vitória no Aberto dos EUA deste ano ajudou Federer a recuperar sua motivação, diminuída após ser ultrapassado por Rafael Nadal no ranking.

“Sua conquista no US Open reforçou sua confiança e calou as críticas de muita gente. Acredito que Roger viva uma nova etapa de sua vida, e que ainda restem muitos anos em quadra pra ele”, disse o representante do astro helvético, que teve a temporada prejudicada no início do ano por uma mononucleose, rebatendo qualquer chance de aposentadoria precoce.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias