iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

18/10 - 18:41

Saretta fatura duplas no Uruguai e levanta troféu após 15 meses
Saretta, que já ocupou a 44ª colocação do ranking de entradas da ATP, não se sagrava campeão de um torneio desde julho de 2007

Gazeta Esportiva

MONTEVIDÉU (Uruguai) - O brasileiro Flavio Saretta conquistou neste sábado seu primeiro título após quase abandonar as quadras no final de 2007 e início de 2008. Ao lado do gaúcho Franco Ferreiro, o ex-número 1 do Brasil venceu a chave de duplas da etapa de Montevidéu da Copa Petrobras com o placar de 6/3 e 6/2 sobre os espanhóis Daniel Gimeno-Traver e Ruben Ramírez Hidalgo.

Saretta, que já ocupou a 44ª colocação do ranking de entradas da ATP, não se sagrava campeão de um torneio desde julho de 2007, quando faturou a medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro. Um mês depois, o paulista de Americana sofreu uma fratura por estresse no cotovelo e precisou ficar nove meses afastado do tênis para se recuperar plenamente da contusão.

Atualmente na posição 657 na lista dos melhores tenistas do mundo, Saretta destacou a amizade com o gaúcho Ferreiro, 143º do mundo, como a receita principal para a conquista no Uruguai. “Somos muito amigos fora de quadra e isso ajuda muito. Nunca tínhamos atuado juntos, mas parecia que jogávamos há muito tempo”, explicou o brasileiro.

A parceria Saretta/Ferreiro ganhou moral ao longo do challenger de Montevidéu ao despachar duas duplas cabeças-de-chave: os argentinos Brian Dabul e Sergio Roitman, favoritos 2, e depois eliminaram Mariano Hood/Alberto Martín (Argentina/Espanha), pré-classificados número 4.

“Entramos como zebras e acabamos vencendo grandes adversários. O Saretta também jogou bem e isso foi muito legal; ele se sentiu bem em quadra novamente”, comemorou Ferreiro. “A dupla é importante porque se pode treinar e aperfeiçoar saque, voleio e principalmente o lado competitivo”, completou.


Leia mais sobre: Flavio Saretta Franco Ferreiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo