iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

18/10 - 19:42

Mesmo derrotado, Federer comemora boa atuação em Madri
"Percebi que estou jogando bem e apresentando uma boa movimentação. É assim que eu quero estar”, disse

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - O suíço Roger Federer tentou não se abalar com a derrota sofrida neste sábado nas semifinais do Masters Series de Madri para o escocês Andy Murray. Ainda que eliminado do torneio, o atual segundo melhor tenista do mundo comemorou a boa atuação que teve ao longo da semana na capital espanhola, que lhe deixou mais confiante para a temporada 2009.

“É claro que eu fico frustrado porque não tinha muito o que fazer, já que meu saque estava muito bom”, iniciou Federer, superado por 2 sets a 1 com as parciais de 3/6, 6/3 e 7/5. “Mas penso que minha semana foi muito boa. Percebi que estou jogando bem e apresentando uma boa movimentação. É assim que eu quero estar”, emendou.

Ao longo de sua trajetória em Madri, o ex-soberano do tênis masculino bateu logo em sua estréia o desafeto tcheco Radek Stepanek por duplo 6/1. Depois, passou pelo francês Jo-Wilfried Tsonga (16º favorito) e o argentinio sensação Juan Martín del Potro (cabeça nove).

Federer teve o ano de 2008 prejudicado por causa de uma mononucleose – doença viral que tem como sintomas febres altas, dores de garganta, mal estar e cansaço físico. Mesmo com a saúde prejudicada o suíço entrou em quadra para defender a liderança do ranking de entradas da ATP, mas acabou superado na lista por Rafael Nadal em julho, após perder a final de Wimbledon para o espanhol.

“Não estou com limitação física alguma. Atualmente, para falar a verdade, sinto que posso me concentrar em cada ponto do jogo, e isso é um bom sinal. Ao longo deste ano não foi bem isso que aconteceu”, concluiu o suíço.


Leia mais sobre: Federer Masters Series de Madri



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo