iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

11/10 - 16:21

Sydney quer ser sede do Aberto da Austrália de tênis
John Brumby, líder do Governo de Victoria, disse que qualquer rumor sobre a mudança do Aberto da Austrália para Sydney não deve ser levada a sério

EFE

SYDNEY (Austrália) - O Governo do estado de Nova Gales do Sul, do qual Sydney é capital, quer levar à cidade o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada do tênis profissional e realizado atualmente em Melbourne.

Segundo a imprensa local, a cidade investiria milhões de dólares na construção de um complexo no subúrbio de Glebe, às margens da baía da cidade. O contrato de Melbourne para sediar o evento vai até 2016 - o torneio está lá desde 1998.

"O Aberto da Austrália é, sem dúvida, o melhor evento esportivo anual realizado em nosso país. Acho que qualquer empresa especializada atuaria com negligência se não tivesse um Grand Slam na mira", comentou Geoff Parmanter, chefe-executivo da companhia Events NSW.

O objetivo do Governo de Nova Gales do Sul tenta revigorar a indústria do turismo na cidade mais importante da nação.

"O complexo em Glebe causou grande interesse porque é praticamente o último espaço disponível na área mais nobre da cidade, na costa", ressaltou Parmenter.

O Aberto da Austrália de 2009 ocorrerá entre 19 de janeiro e 1 de fevereiro no complexo de Melbourne Park.

Entretanto, o Governo do estado de Victoria criticou hoje as pretensões de Sydney. O ministro de Turismo e Eventos local, Tim Holding, disse que Sydney tem um "pobre histórico" na organização de grandes eventos.

"Realmente Sydney tem que fazer muito para organizar eventos de grande importância e deveria deixar de falar o que deseja fazer, além de construir um calendário que realmente possa competir com o de nossa cidade", disse Holding.

John Brumby, líder do Governo de Victoria, disse que qualquer rumor sobre a mudança do Aberto da Austrália para Sydney não deve ser levada a sério.

"Temos excelente relação com a federação de tênis da Austrália e estamos trabalhando juntos para continuar melhorando as instalações de Melbourne Park. Tenho plena confiança de que continuaremos organizando o Aberto da Austrália após 2016", comentou Brumby.

O chefe-executivo da federação australiana de tênis, Steve Woods, entende o interesse de outras cidades pelo torneio, mas o foco segue em Melbourne.


Leia mais sobre: Aberto da Austrália



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo