iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

11/10 - 14:01

Alves e Silva caem, e Brasil fica sem representantes nas quartas
Entre os dois tenistas brasileiros, Alves era aquele em que se apostava o maior número de fichas

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Thiago Alves e Julio Silva até começaram bem suas partidas de quartas-de-final no Challenger de Florianópolis, mas depois de vencerem o primeiro set não resistiram e levaram viradas respectivamente de Olivier Patience e Peter Luczak, deixando o Brasil sem representante no evento nacional. Entre os dois tenistas brasileiros, Alves era aquele em que se apostava o maior número de fichas. 

Vice-campeão em Aracaju na semana passada, o número 110 do mundo não conseguiu manter o ritmo em Florianópolis, de onde se despediu nas quartas-de-final ao perder maratona para Patience, definida por 6/3, 2/6 e 6/3.

Classificado, o francês, sexto pré-classificado, terá pela o argentino Diego Junqueira, principal favorito ao título em Santa Catarina e que avançou às semifinais ao aplicar parciais de 6/4, 2/6 e 6/4 sobre o espanhol Pablo Santos.

Outro brasileiro eliminado nesta sexta-feira, Julio Silva também foi eliminado mesmo após ter vencido o primeiro set, faturado por ele após bater Luczak por 10-8 no tie-break. No entanto, o paulista de Jundiaí cedeu espaço para a reação do australiano, que não bobeou para marcar 6/2 e 6/1.

Classificado, Luczak busca uma vaga na final diante de Nicolás Massu, que triunfou após ganhar maratona entre chilenos contra Paul Capdeville. Em partida que durou incríveis 3h15 e que avançou pela madrugada deste sábado, o campeão olímpico de Atenas-2004 venceu por 5/7, 6/4 e 6/4.


Leia mais sobre: Challenger de Florianópolis Thiago Alves Julio Silva



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo