iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

30/09 - 10:33

Mau início de ano quase fez Safina desistir da carreira

Terceira melhor tenista do planeta agradeceu ao seu técnico por tê-la removido da idéia da aposentadoria

Gazeta Esportiva

PARIS (França) - Se conheceu a aposentadoria de Justine Henin em 2008, o tênis feminino quase perdeu mais uma talentosa jogadora no início desta temporada. Em revelação bombástica, Dinara Safina reconheceu que esteve prestes a abandonar a carreira devido à seqüência de maus resultados conhecida até fevereiro passado.

Embora sempre tenha sido apontada como uma tenista de grande potencial, Safina demorou a estourar. Esse fato, somado à pressão que ela tinha de lidar por ser a irmã de Marat Safin, ex-número um do planeta entre os homens, fez passar por sua cabeça a idéia de deixar as quadras em fevereiro, logo após ter sido eliminada na terceira rodada do Torneio de Dubai.

Entretanto, foi esse o momento certo para seu técnico, Zeljko Krajan, intervir: ele convenceu a russa a seguir apostando na carreira, em uma opção que não poderia ter dado mais certo – desde maio, a atleta de 22 anos vive a melhor fase da carreira, saindo da 17ª para a atual terceira posição no ranking feminino e conquistando quatro dos nove títulos que ostenta em toda a carreira.

Perguntada sobre o assunto pelos repórteres no Torneio de Stuttgart, no qual competirá nesta semana, Safina confirmou as dificuldades por que passou. “O início do ano foi realmente terrível”, admitiu, ressaltando as sete derrotas conhecidas nos 13 primeiros jogos que disputou em 2008. “Eu poderia ter desistido e dito: ‘OK, já fiz muito disso. Agora vou estudar ou fazer outra coisa’”.

Julgando-se “completamente perdida” naquele momento, a terceira melhor tenista do planeta agradece a Krajan por tê-la removido da idéia da aposentadoria. “Eu estava em um buraco no começo da temporada, completamente perdida, não gostava mais de jogar. Ele (seu técnico) foi paciente para repetir para mim que eu podia bater na bola e atuar bem e finalmente me fez acreditar mais em mim mesmo”.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo