iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

24/09 - 15:49

Marko Djokovic quer sair da sombra de Novak e fazer próprio nome

Embora confesse que se espelha no atual número três do ranking de entradas da ATP, o jovem de apenas 17 anos quer fugir do estigma pessoal e se firmar

Gazeta Esportiva

MADRI (Espanha) - O tenista sérvio Marko Djokovic admitiu nesta quarta-feira que sente a pressão de ter que, pelo menos, repetir em quadra os feitos do irmão mais velho, Novak.

Embora confesse que se espelha no atual número três do ranking de entradas da ATP, o jovem de apenas 17 anos quer fugir do estigma pessoal e se firmar, por si só, entre os melhores do circuito.

Marko fez sua estréia no circuito profissional em simples nesta quarta-feira. Convidado para disputar o Torneio de Bangcoc, o atual número 1.734 do mundo acabou superado pelo finlandês quinto favorito Jarkko Nieminen por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0. Mas comemorou.

“Estar aqui é fantástico e jogar um torneio ATP é uma experiência e tanto”, vibrou o sérvio, que também jogou duplas com o irmão mais velho e foi superado pelos franceses Fabrice Santoro e Jo-Wilfried Tsonga. “Estou muito feliz por ter jogado. Muito, muito feliz mesmo”, emendou.

Mas Marko Djokovic revelou que sente o peso de ser o irmão mais novo do terceiro melhor tenista em atividade no circuito profissional. “Todo mundo espera que eu seja como o Novak. As pessoas vêm à quadra para me ver porque sou caçula dele. Dizem que eu tenho o mesmo estilo técnico do meu irmão, e que me ver jogando é como assistir a uma partida dele”, lembrou.

O jovem de 17 anos também garantiu que tem potencial suficiente para garantir seu sucesso no circuito profissional. Embora, claro, se espelhe no irmão. “O Novak me ajuda muito, sobretudo com o meu treinamento físico, mas também acabo ficando sob pressão. Estou tentando ter a mesma mentalidade dele, mas também quero ter meu próprio estilo. Quero ser o Marko Djokovic, e não o irmão do Novak”, finalizou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar