iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

21/09 - 13:30

Andy Roddick elogia Nadal e lamenta "circunstâncias adversas"

Jogador lamentou ter que jogar com torcida contra, numa quadra de saibro e com o melhor tenista da atualidade

EFE

MADRID (Espanha) - O americano Andy Roddick, que hoje perdeu para Rafael Nadal por 3 sets a 0 (parciais de 6-4, 6-0 e 6-4), tirando os Estados Unidos da final Copa Davis, ressaltou a força do tenista espanhol e disse que todas as circunstâncias eram adversas. "Não podia ter uma situação mais difícil. Jogar no saibro, contra Nadal e fora de casa", lamentou Roddick.

"Quando se perde dois sets contra Nadal e sobre o saibro, é difícil pensar que ainda há chance de voltar e se recuperar. Nesses momentos, a única coisa que se pode fazer é ir ponto a ponto e ver até aonde você chega", reconheceu o americano, para quem o espanhol foi excelente no segundo set, quando lhe aplicou um 'pneu'.

E Roddick continuou com os elogios ao adversário. Para ele, "Nadal é o melhor jogador do planeta em toda a história".

"Quando ele joga assim, não há o que fazer. Evidentemente, ele está onde deve estar, no número um", completou o tenista.

A equipe espanhola, campeã em 2000 contra a Austrália e em 2004 frente aos próprios americanos, enfrentará na decisão, de 21 a 23 de novembro, o vencedor semifinal entre Argentina e Rússia, disputada em Buenos Aires, com o placar da série até o momento em 2 a 1 a favor do time local.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar