iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

07/09 - 21:11

Confiante, Murray quer bater “melhor tenista da história”

“Tenho jogado bem contra ele, então espero fazer o mesmo na decisão", disse o jovem tenista escocês

Gazeta Esportiva

  • Andy Murray bate Nadal e enfrenta Federer na final
  • Veja como foi o jogo ponto a ponto 
  • Federer derrota Djokovic e vai à final do Aberto dos EUA
  • Paulo Cleto: A análise da vitória do "New Kid on the Block"


    NOVA YORK (EUA) - Pouco tempo depois de vencer o melhor tenista em atividade na temporada, o escocês Andy Murray quer superar também o melhor da história. Classificado para a final do Aberto dos Estados Unidos ao eliminar o espanhol cabeça-de-chave número um Rafael Nadal, o britânico espera manter a forma recente contra o suíço Roger Federer, ex-líder do ranking, para ficar com seu primeiro título de Grand Slam na carreira.

    Sexto favorito do US Open, Murray jogou um set e meio neste domingo contra Nadal e concluiu a vitória que começou a ser construída no sábado – mas que acabou interrompida pela chuva em Nova York. O escocês superou o Rei do Saibro por 3 sets a 1, parciais de 6/2, 7/6 (7-5), 4/6 e 6/4, conseguindo a sua primeira vitória sobre o espanhol.

    “Eu estava quase escorregando na partida”, lembrou Murray, que perdeu o terceiro set por 6/4 e perdia a quarta etapa por 3/1 até iniciar a reação. “É uma sensação incrível essa que estou sentindo. O Nadal tinha muito mais experiência do que eu em momentos assim”, lembrou.

    Agora, Murray terá pela frente ninguém menos do que o atual tetracampeão do Aberto dos EUA: o suíço Roger Federer, que se classificou no sábado ao bater o sérvio Novak Djokovic na primeira semifinal. De acordo com o escocês, o melhor tenista da história – mas que nem por isso o intimida.

    “O Roger é provavelmente o melhor tenista de todos os tempos, e é uma honra para mim ter a chance de enfrentá-lo em uma final de Grand Slam”, vislumbrou Murray, que leva vantagem no histórico de partidas com Federer: venceu dois dos três jogos. “Tenho jogado bem contra ele, então espero fazer o mesmo na decisão”, concluiu.

    Murray e Federer se encontraram pela última vez no início de 2008, na estréia do Torneio de Dubai. O escocês surpreendeu e conseguiu a vitória por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (6-8), 6/3 e 6/4. O outro resultado positivo do britânico aconteceu no Masters Series de Cincinnati-2006, por 7/5 e 6/4. A única vez que o suíço passou pelo rival aconteceu há três anos, na final do Torneio de Bangcoc-2005, por 6/3 e 7/5.

    A final do US Open está marcada para esta segunda, às 18h (horário de Brasília).


  • Leia mais sobre: Andy Murray Roger Federer Aberto dos EUA

    > Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


    Reuters

    murray

    Alívio do finalista
    Andy Murray venceu Nadal pela primeira vez na carreira e busca agora seu primeiro Grand Slam

    Topo
    Contador de notícias