iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

03/09 - 09:40

Argentina aposta na experiência de Cañas e Calleri, Mónaco fora.

O melhor representante do país na ATP, David Nalbandian, lidera a equipe que tenta alcançar sua segunda final em dois anos

Gazeta Esportiva

BUENOS AIRES (Argentina) - Não somente o ranking de entradas foi utilizado por Alberto Mancini para definir o selecionado argentino que recebe a Rússia pelas semifinais da Copa Davis, entre 19 a 21 de setembro.

Optando por um grupo bastante experiente, o capitão alviceleste convocou David Nalbandian e Juan Martín del Potro, principais expoentes do tênis do país na atualidade, além de Agustín Calleri e Guillermo Cañas, deixando de fora o número 32 do mundo, Juan Mónaco.

Ainda o melhor representante da Argentina na lista da ATP (ocupa a sétima posição) mesmo que venha convivendo com lesões, Nalbandian mais uma vez liderará a equipe que tenta alcançar sua segunda final em dois anos – perdeu justamente para os russos na decisão de 2006.

Ao lado do número um do país, cuja presença nos jogos de duplas ainda não está assegurada devido aos problemas físicos, estará Del Potro, 17º do planeta e que cumpre grande ascensão no circuito profissional. Aos 19 anos de idade, ele chegará ao Parque Roca, em Buenos Aires, para realizar apenas o seu segundo confronto em Copa Davis: estreou contra a Áustria, na primeira rodada da competição no ano passado.

Se os dois nomes já eram esperados na lista de convocados de Mancini, os experientes Calleri (que tem 31 anos e é o 49º colocado no ranking) e Cañas (com 30 anos é o 53º) também foram chamados, mesmo estando longe da melhor fase de suas carreiras.

Desse modo, Mónaco, que acaba de se recuperar de uma pneumonia que o fez perder sete quilos, acabou preterido, juntamente a José Acasuso: antes um dos pupilos de Mancini e presença constante no vice-campeonato de 2006, o atual 52º melhor do mundo terá de acompanhar o confronto com a Rússia pela televisão.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar