iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

01/09 - 17:58

Nadal perde set, mas supera Querrey e confirma vaga nas quartas

Líder do ranking de entradas da ATP, o espanhol teve bastantes dificuldades para eliminar o tenista da casa

Gazeta Esportiva

NOVA YORK (Estados Unidos) - Apesar de ser apenas o tenista número 55 do mundo, o norte-americano Sam Querrey contou com a força da torcida nova-iorquina para quase complicar a vida de Rafael Nadal no Aberto dos Estados Unidos nesta segunda-feira.

Líder do ranking de entradas da ATP, o espanhol teve bastantes dificuldades para eliminar o tenista da casa, mas mostrou sua força e saiu de quadra com a vitória e a vaga para as quartas-de-final do torneio.

Assim como o sérvio Novak Djokovic, que no domingo precisou de 3h52 para derrotar o croata Marin Cilic pela terceira rodada, Nadal teve uma longa jornada nesta segunda-feira. A vitória sobre Querrey por 3 sets a 1, com parciais de 6/2, 5/7, 7/6 (7-2) e 6/3 só foi obtida em 3h11 de muita disputa.

O último tenista que havia conseguido tirar sets de Nadal nos últimos meses fora o Djokovic, nas semifinais dos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 (o espanhol venceu por 2 a 1) e do Masters Series de Cincinnati (o terceiro melhor do mundo batera o adversário por 2 a 0). Antes, o último tenista fora do top 10 a vencer um set contra Nadal fora o francês Richard Gasquet, então 12º do mundo, nas quartas-de-final do Masters do Canadá no final de julho – vencido pelo atual líder do ranking.

Foi a segunda vitória do atual número um do mundo sobre o promissor norte-americano de 20 anos. Os dois haviam se cruzado apenas uma vez no circuito profissional até então, na primeira rodada do Masters Series de Cincinnati-2006, com vitória do tenista de Manacor de virada por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5-7), 6/2 e 6/3.

O triunfo desta segunda-feira fez com que Nadal superasse sua performance de 2007 no US Open. No ano passado, o Rei do Saibro caiu nas oitavas-de-final diante do compatriota David Ferrer por 3 a 1 de virada, com 6/7 (3-7), 6/4, 7/6 (7-4) e 6/2.

Além disso, o atual melhor do mundo repete em 2008 sua melhor campanha no último Grand Slam da temporada: em 2006 Nadal também chegou às quartas-de-final, perdendo para o russo Mikhail Youzhny também por 3 a 1, mas com parciais de 6/3, 5/7, 7/6 (7-5) e 6/1.

Após superar Querrey, Nadal terá pela frente nas quartas-de-final outro tenista dos Estados Unidos: o surpreendente Mardy Fish, número 35 do mundo e algoz de James Blake na terceira rodada. Ainda nesta segunda, o norte-americano conseguira a vaga à fase dos oito melhores do US Open-2008 ao eliminar o francês Gael Monfils, 32º cabeça, por 3 sets a 0: 7/5, 6/2 e 6/2.

Apesar da boa fase que vive Fish, Nadal tem a seu favor o histórico de partidas com o norte-americano, uma vez que levou a melhor nos quatro duelos travados entre os dois tenistas – e sempre por sets seguidos. O último deles aconteceu em 2007, na primeira rodada de Wimbledon no ano passado, com o triunfo do espanhol por 6/3, 7/6 (7-4) e 6/3.

O jogo: :Nadal deu mostras no primeiro set de que conseguiria uma vitória arrasadora sobre o norte-americano. Após uma quebra de saque já no início do jogo e chegando a 3/1 no placar, o número um do mundo voltou a derrubar o serviço de Querrey e conseguiu fechar a parcial em 31 minutos com um tranqüilo 6/2.

A mesma facilidade teve o espanhol no decorrer do segundo set. Com uma quebra de vantagem, Nadal se aproximou da vitória com chance de sacar em 5/4 para abrir 2 a 0 na partida. Mas o melhor do mundo oscilou, perdeu o saque e viu o placar ficar empatado por 5/5.

O lapso do tenista espanhol continuou nos dois games seguintes. Querrey bateu o saque de Nadal mais uma vez no 12º game e, além de ter vencido quatro games consecutivos, conseguiu empatar a disputa por 1 set a 1 com a parcial de 7/5, após longos 54 minutos de duelo.

O terceiro set foi ainda mais equilibrado entre os dois tenistas. Apesar da derrota na etapa anterior, Nadal começou quebrando o serviço de Querrey já no primeiro game, mas permitiu que o rival devolvesse o feito logo em seguida. O vencedor da parcial foi foi definido no tie-break, com o espanhol arrasador sacramentando o 7/6 em 58 minutos com 7-2 no game extra.

Nadal concluiu a vitória no quarto set e evitou o tie-break, mas não sem sofrimento. O melhor do mundo chegou à quebra vencedora no sétimo game, abrindo 4/2, mas precisou reverter nada menos do que oito break points no game seguinte para manter a vantagem no placar e defendê-la até confirmar o 6/3.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar