iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

29/08 - 17:09

Thiago Alves joga bem, mas cai diante de Federer nos EUA

Brasileiro não se intimidou, mas prevaleceu o favoritismo do ex-número 1 na segunda rodada do US Open 

Gazeta Esportiva

NOVA YORK (Estados Unidos) - O brasileiro Thiago Alves não se intimidou por jogar contra o segundo melhor tenista do mundo e atual tetracampeão do Aberto dos EUA, Roger Federer, e teve um bom desempenho nesta sexta-feira. Contudo, não foi o suficiente para evitar que o suíço vencesse por 3 sets a 0 (parciais de 6/3, 7/5 e 6/4) e garantisse sua passagem para a terceira rodada da competição norte-americana.

Apesar de estar disputando seu primeiro Grand Slam do ano – só havia jogado challengers, tendo vencido o de São Paulo – e ser o atual número 137 do ranking de entradas da ATP, o brasileiro Thiago Alves mostrou um bom desempenho, principalmente nos dois primeiros sets, quando dificultou a vida de Federer.

O primeiro set foi marcado por total equilíbrio. Tanto que a única quebra de serviço na parcial ocorreu no oitavo game, quando Federer, contando com uma dupla falta de Thiago, fez 5 a 3. Sem problemas para confirmar seu serviço, o suíço fechou em 6 a 3.

Apesar da derrota na primeira parcial, o brasileiro não se intimidou e voltou para o segundo set com a mesma postura do início da partida, confirmando seu primeiro serviço após um game muito disputado.

A exemplo do primeiro set, Thiago resistiu bravamente ao jogo do segundo melhor tenista do mundo e só teve seu serviço quebrado no 11º game, quando Federer fez 6 a 5, fechando o set logo em seguida.

Embalado, o suíço iniciou o terceiro set quebrando o serviço do brasileiro. Thiago Alves devolveria a quebra no sexto game, chegando a 3 a 3. Contudo, fazendo valer seu favoritismo, Federer fez 6 a 4 e fechou o jogo.

Classificado, Federer espera o vencedor do duelo entre o tcheco Radek Stephanek e o australiano Chris Guccione.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

Bom enquanto durou
Thiago Alves (dir.) teve grandes momentos contra Roger Federer, até o suíço mostrar tudo que sabia

Topo