iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

29/08 - 10:09

Derrotada, Ivanovic evita desculpas e ressalta méritos de Coin

A favorita preferiu elogiar os méritos da adversária, embora tenha admitido o nervosismo durante o embate 
 

Gazeta Esportiva

NOVA YORK (EUA) - Centrada em retomar o melhor nível de jogo, Ana Ivanovic evitou dar desculpas na tentativa de justificar a derrota precoce frente à francesa Julie Coin, número 188 do mundo. Desse modo, a sérvia descartou falar inclusive nas dores que vem sentindo na mão direita, em lesão que atrapalhou sua trajetória em Wimbledon e a impediu de disputar a Olimpíada de Pequim.

No que deve se concretizar como a maior zebra desta edição do Aberto dos Estados Unidos, Ivanovic foi superada pela desconhecida qualifier Coin nesta quinta-feira, em partida equilibrada definida com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3. No entanto, a entrevista coletiva da atual líder do ranking feminino, que poderia ser um festival de desculpas, deu-se de maneira tranqüila, sendo que a favorita preferiu elogiar os méritos da adversária, embora tenha admitido o nervosismo durante o embate.

“Eu estava um pouco nervosa quando entrei na quadra porque nunca havia visto minha oponente antes, e ela atuou de maneira completamente diferente ao que eu imaginava, sacando muito bem e distribuindo golpes potentes”, afirmou a tenista de Belgrado, que conheceu em Nova York a sua terceira decepção consecutiva, visto que vinha de uma série de três vitórias em cinco jogos, com quedas inesperadas em Wimbledon e no Torneio de Montreal.

De qualquer forma, Ivanovic surpreendeu ao afirmar que as dores no polegar não a incomodaram quando perguntada sobre o assunto. “Não senti isso hoje (quinta) e também na partida passada não houve problemas”, disse, em referência à vitória em três sets sobre a russa Vera Dushevina. “Então estou feliz por estar de volta à quadra sem dores. Agora tudo o que tenho de fazer é treinar bastante e trabalhar duro”.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo