iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

29/08 - 12:04

Após bater top 100, Saretta perde para alemão e cai nas quartas

O brasileiro não resistiu a Mathias Bachinger que avançou às semifinais com uma vitória de dois sets diretos

Gazeta Esportiva

FREUDENSTADT (Alemanha) - Não durou muito o grande momento de Flávio Saretta no Challenger de Freudenstadt. Depois de conseguir seu melhor resultado em um ano e meio ao bater o top 100 belga Cristophe Rochus, o brasileiro não resistiu a Mathias Bachinger, cabeça-de-chave número seis do evento alemão, que avançou às semifinais com uma vitória em sets diretos, parciais de 7/5 e 7/6 (7/5).

Ex-número 44 do mundo, Saretta tenta reviver os melhores momentos de sua carreira, sendo que este semestre marca o seu retorno ao circuito profissional de tênis, do qual esteve longe praticamente por 11 meses para tratar de uma lesão por estresse no cotovelo.

Após colecionar insucessos na seqüência, o paulista de 28 anos veio aos poucos recuperando o melhor ritmo de jogo e havia deixado ótimas impressões ao despachar Rochus, primeiro pré-classificado em Freudenstadt, com o contundente placar de 6/3 e 6/1.

Entretanto, a reação do brasileiro parou no encontro com Bachinger, número 187 do mundo e que já havia aproveitado o apoio da torcida para ser o algoz de outro representante nacional, André Ghem, batido por 7/5 e 6/2 na primeira rodada.

Mesmo que lamente a derrota, por outro lado Saretta comemora o fato de ter vencido dois jogos seguidos em um mesmo torneio pela primeira vez desde agosto do ano passado, quando foi obrigado a deixar o circuito. Desse modo, o tenista será recompensado no ranking de entradas: ao somar 13 pontos, ele sairá da atual 1.134ª posição e deve retornar ao grupo dos 800 melhores do mundo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo