iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

28/08 - 14:28

Jovens Radwanska e Cornet avançam; Vaidisova decepciona

Favorita número nove do torneio, Radwanska, despachou a colombiana Mariana Duque Marino por 2 sets a 0

Gazeta Esportiva

NOVA YORK (EUA) - A polonesa Agnieszka Radwanska garantiu nesta quinta-feira a presença na terceira rodada do Aberto dos Estados Unidos. Favorita número nove do torneio, a tenista de apenas 19 anos despachou a colombiana Mariana Duque Marino por 2 sets a 0, com 6/0 e 7/6 (7-3) e confirmou o encontro à próxima rodada com outra jovem embalada: a eslovaca Dominika Cibulkova.

Atualmente na 11ª colocação do ranking de entradas da WTA, Radwanska precisou de 1h17 para despachar a qualifier sul-americana, apenas a número 125 do mundo. Apesar do pneu aplicado rapidamente no primeiro set, com 24 minutos, a polonesa levou 53 minutos para sacramentar o avanço na rodada seguinte.

Na próxima rodada, Radwanska pegará a eslovaca Cilbukova, também de 19 anos e 20ª colocada do ranking de entradas da WTA. A eslava despachou nesta quinta-feira a romena Ioana Raluca Olaru por duplo 6/2 e pela primeira vez chegou à terceira rodada do US Open.

Outra jovem promissora a seguir caminho na chave do Aberto dos Estados Unidos foi a francesa Alizé Cornet, de apenas 18 anos. A cabeça-de-chave número 17 despachou a norte-americana Betthanie Mattek por 7/6 (7-5) e 6/1 e repetiu a campanha de 2007, passando para a terceira rodada.

Cornet espera o fim do quarto dia de US Open para ter a definição de sua próxima rival na competição. A francesa duelará com a tenista que levar a melhor do duelo entre a alemã Anna-Lena Groenfeld e a australiana Jéssica Moore.

Enquanto isso, a tcheca Nicole Vaidisova amargou mais uma eliminação precoce nesta temporada. Cabeça-de-chave número 20, a musa de 19 anos foi surpreendida pela francesa Severine Bremond por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/3.

Vaidisova, que em Flushing Meadows conseguiu interromper uma série de cinco derrotas consecutivas ao atropelar na primeira rodada a compatriota Petra Cetkovska por 6/0 e 6/2, segue sem conseguir emplacar pelo menos duas vitórias seguidas há dois meses.

A tcheca foi batida nas estréias de New Haven, Pequim-2008 e Montreal, e na segunda rodada de Los Angeles, tem como melhor campanha recente as quartas-de-final de Wimbledon. Já Bremond, número 121 do mundo e de 29 anos, espera pela vencedora da partida entre a húngara Agnes Szavay, 13ª favorita, e a italiana Tathiana Garbin.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo