iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

07/08 - 19:37

Hocevar e Danielzinho perdem e Brasil fica sem representantes

Brasileiros eram os únicos tenistas do país nas quartas-de-final do challenger de Campos do Jordão

Gazeta Esportiva

CAMPOS DO JORDÃO - Não será um tenista brasileiro o campeão do Challenger de Campos do Jordão. Os representantes nacionais que haviam chegado às quartas-de-final da competição paulista foram derrotados nesta quinta-feira em partidas extremamente equilibradas e terão que ver quatro estrangeiros seguirem na briga pelo troféu do torneio.

Cabeça-de-chave número cinco, Ricardo Hocevar não resistiu à boa fase do sul-africano Izak van der Merwe e acabou caindo de virada na cidade serrana do interior paulista. O sobrinho do ex-30º do mundo Marcos Hocevar acabou perdendo por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5-7), 6/4 e 7/6 (7-3).

Van der Merwe, que havia eliminado na seqüência os brasileiros Ricardo Mello e Eric Gomes, pegará na próxima rodada outro algoz de um tenista brasileiro: o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi, que vitimou Daniel Silva por 2 sets a 0, com duplo 7/6 (e duplas parciais de 7-5 nos dois tie-breaks).

“Foi um bom jogo, mas o Qureshi sacou muito bem e acabou vencendo nos detalhes”, lamentou Danielzinho, que agora retornará à cidade de São Paulo para duas semanas de treinamentos.

A outra semifinal em Campos do Jordão também já está definida. Cabeça-de-chave número um, o argentino Brian Dabul passou pelo australiano Adam Feeney por 6/4, 2/6 e 6/4 e pegará na etapa seguinte o compatriota Leonardo Mayer, que despachou o norte-americano Román Borvanov por 2 a 0: 6/3 e 6/1.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo