iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

30/07 - 17:13

Ferrer decepciona e cai na estréia; Blake e Murray vencem
Blake que despachou o francês Gilles Simon – algoz do suíço Roger Federer em Toronto na última semana

Gazeta Esportiva

CINCINNATI (Estados Unidos) - Quarto melhor tenista em atividade, o espanhol David Ferrer não conseguiu uma longa trajetória no Masters Series de Cincinnati. Logo em sua estréia no torneio em Ohio, o valenciano foi surpreendido nesta quarta-feira pelo veterano equatoriano Nicolas Lapentti por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7-2), 3/6 e 6/3, e disse adeus à competição.

Perto de completar 32 anos, Lapentti tirou proveito do nervosismo de Ferrer em quadra e fez com que a segunda parte da temporada em quadras rápidas ficasse ainda pior para o espanhol. Além de cair na estréia de Cincinnati nesta quarta, o atual quarto tenista do mundo havia caído nas oitavas-de-final do Masters de Toronto, na semana passada, diante do francês Richard Gasquet.

Enquanto Ferrer tenta se recuperar para a disputa do torneio de tênis dos Jogos Olímpicos de Pequim, Lapentti aguarda pela definição de seu próximo adversário nos Estados Unidos. O sul-americano pegará o vencedor da partida entre o espanhol Fernando Verdasco, décimo favorito, e o qualifier australiano Chris Guccione.

Blake e Murray vão: Apesar da decepção de Ferrer, Cincinnati viu dois cabeças-de-chave confirmarem vaga nas oitavas-de-final nesta quarta-feira. O primeiro deles foi o norte-americano James Blake, sétimo favorito, que despachou o francês Gilles Simon – algoz do suíço Roger Federer em Toronto na última semana.

Apoiado pela torcida em Ohio, o norte-americano não teve muitos problemas para eliminar Simon por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Na próxima rodada, ele enfrentará o letão Ernests Gulbis, que passou pelo francês Arnaud Clement por 2 a 1> 6/4, 3/6 e 7/6 (7-5).

Já o escocês Andy Murray, cabeça oito, chegou a ter dificuldades no começo da partida contra o norte-americano Sam Querrey, mas conseguiu despachar o anfitrião com parciais seguidas, com 7/6 (7-3) e 6/1. Agora, ele aguarda pelo vencedor do jogo entre o francês Richard Gasquet, 11º cabeça, e o russo Dmitry Tursunov.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo