iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

25/07 - 16:36

Irreconhecível, Blake é atropelado por Kiefer

Alemão não tomou conhecimento do norte-americano, que somou apenas três games em todo o duelo

Gazeta Esportiva

TORONTO (Canadá) - James Blake vinha superando inícios difíceis para vencer seus adversários no Masters Series de Toronto, mas não conseguiu repetir os feitos quando bateu de frente com Nicolas Kiefer. Na segunda partida válida pelas quartas-de-final do evento canadense, o alemão não tomou conhecimento do norte-americano que, irreconhecível, somou apenas três games em todo o duelo até cair por 6/1 e 6/2.

Blake já havia dado mostras de iregularidade nos seus outros dois desafios em Toronto, perdendo o primeiro set tanto contra o sueco Jonas Bjorkman quanto diante do russo Dmitry Tursunov. Ao contrário daquelas oportunidades, porém, o cabeça-de-chave número sete não teve forças para reverter a vantagem desta vez, caindo em apenas uma hora de bola em quadra.

Experiente tenista de 31 anos de idade, Kiefer consegue assim sua segunda vitória na seqüência diante de favoritos – no dia anterior havia levado a melhor em batalha de três sets ante o russo Nikolay Davydenko, o quarto melhor do circuito profissional.

Com a chave superior de Toronto aberta após a eliminação precoce de Roger Federer, o alemão dono da 37ª posição no ranking de entradas tem boas chances de alcançar pela primeira vez na carreira a final de um evento Masters Series. Para cumprir o objetivo, ele precisa bater outro tenista surpreendente, Gilles Simon, exatamente o responsável pela queda do número um do mundo.

Na abertura da rodada, o francês, que nunca encontrou o seu próximo adversário na carreira, havia aplicado 2 sets a 1, com 3/6, 6/2 e 6/2, sobre o jovem croata Marin Cilic.


Leia mais sobre: Nicolas Kiefer James Blake Masters Series de Toronto

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo