iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

17/07 - 09:03

Haas passa fácil por Isner e busca vaga na semi contra Simon
Cabeça-de-chave número cinco na quadra dura dos Estados Unidos, o alemão nunca havia vencido Isner

Gazeta Esportiva

INDIANAPOLIS (EUA) - Tommy Haas teoricamente tinha um adversário duro na tentativa de avançar às quartas-de-final do Torneio de Indianápolis, mas, ao se aproximar de seu melhor tênis, não tomou conhecimento do mau retrospecto que ostentava John Isner e eliminou o norte-americano em sets diretos, com tranqüilas parciais de 6/3 e 6/4.

Nas duas oportunidades em que eles haviam se encontrado, o gigante de 2,05m havia levado a melhor em ambas: nos eventos de Washington, em 2007, e de San José, na atual temporada.

Entretanto, o alemão ignorou o histórico no confronto direto na noite desta quarta-feira, obtendo a vitória ao mostrar força no serviço: aplicou sete aces, ganhou 81% dos pontos em que encaixou o primeiro saque e se livrou de todos os três break points que encarou em toda a partida.

Com números como esses, ficou fácil para o ex-número dois do mundo avançar às quartas-de-final, no que já se configura como o seu segundo melhor resultado em toda a temporada: parou na antepenúltima rodada no Masters Series de Indian Wells, em março. Na tentativa de seguir vivo em Indianápolis, o tenista terá pela frente o francês Gilles Simon, segundo maior favorito ao título da competição.

Também nesta quarta, o representante de Nice precisou de três sets para passar pelo alemão Benjamin Becker, em feito alcançado com parciais de 7/5, 3/6 e 6/0. Diante de Haas, o atual 25º colocado do ranking de entradas tem um jejum a quebrar: caiu nas duas vezes em que encontrou o alemão, no cimento de Cincinnati e na grama de Halle, ambas em 2006.

Nas outras duas partidas válidas pelas oitavas-de-final já realizadas, destaque para o chileno Paul Capdeville, que seguiu em alta nos EUA ao eliminar o qualifier australiano Joseph Sirianni por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Algoz do sétimo pré-classificado Robby Ginepri na rodada anterior, Capdeville encara agora o atual campeão do torneio, Dmitry Tursunov.

Em duelo a ser disputado na próxima sexta-feira, o russo tende a levar uma vantagem por estar descansado, uma vez que nem precisou entrar em quadra para se garantir nas quartas: seu adversário, o norte-americano Wayne Odesnik, deu um W.O. devido a dores nas costas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias