iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

11/07 - 12:57

Wawrinka sua muito, mas bate Cañas e vai às semis; Youzhny cai

O suíço btalhou por 2h32 nesta sexta-feira até eliminar o argentino Guillermo Cañas

Gazeta Esportiva

GSTAAD (Suíça) - Pela segunda vez consecutiva o suíço Stanislas Wawrinka teve de jogar o tie-break do terceiro set para seguir vivo no Torneio de Gstaad.

Após batalhar para bater o compatriota Stephane Bohli nas oitavas-de-final, o maior favorito ao título do evento permaneceu em quadra por 2h32 nesta sexta-feira até eliminar o argentino Guillermo Cañas, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/5 (7-2).

Como recebeu bye na primeira rodada, Wawrinka teve em Bohli o seu primeiro desafio na última quarta e só pôde continuar sendo a principal esperança de troféu para a torcida após aplicar o marcador de 7/5, 5/7 e 7/6 (7-3). Desta vez, diante de Cañas, o número de games disputados foi um pouco menor, mas a dificuldade não.

Depois de suar bastante, o número dez do mundo tenta avançar à decisão diante do romeno Victor Hanescu. Uma das surpresas do evento, o algoz de Ivo Karlovic na rodada anterior passou nesta sexta pelo qualifier francês Jeremy Chardy, batido em sets diretos com parciais de 6/3 e 7/6 (7-3).

Se o cabeça-de-chave número um segue vivo no torneio, o terceiro maior candidato ao título em Gstaad, Mikhail Youzhny, foi surpreendido por Guillermo García-López. Apenas o número 88 do mundo, o espanhol triunfou de virada diante do russo, com 4/6, 7/5 e 6/3.

Garantido nas semifinais, García-López enfrenta outro tenista da Rússia, Igor Andreev, buscando pela primeira vez na carreira disputar uma final de evento de nível ATP. Sétimo pré-classificado na Suíça, Andreev, que venceu o brasileiro Marcos Daniel na primeira rodada, encontrou nova vítima no croata Marin Cilic, que caiu com parciais de 7/6 (7-4) e 6/3.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo