iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

11/07 - 10:16

Semifinalista de Wimbledon, Safin ganha convite no Canadá
Marat Safin já foi campeão do Masters Series de Toronto no ano de 2000

Gazeta Esportiva

TORONTO (Canadá) - A excelente campanha em Wimbledon e o grande histórico que possui renderam frutos a Marat Safin no Masters Series de Toronto. Sem ranqueamento para entrar direto na chave, o russo foi agraciado pela organização do evento com um convite, juntamente com os canadenses Frank Dancevic, Frederic Niemeyer e Peter Polansky.

Campeão do torneio em 2000, Safin ocupa atualmente a 40ª posição do ranking de entradas, mas só atingiu esse posicionamento depois que a lista de inscritos para o Masters já havia sido encerrada. Desse modo, precisaria disputar o qualificatório caso não lhe fosse concedido o wild card.

Após cumprir a primeira parte da temporada 2008 de forma modesta, o russo abriu em grande estilo o segundo semestre, chegando pela primeira vez na carreira às semifinais de Wimbledon. Número um do mundo em 2000, ele agora espera continuar em rota de ascensão para se aproximar dos líderes da ATP nos próximos meses.

“Estou ansioso por voltar a Toronto e reviver alguns dos melhores momentos de minha carreira”, afirmou Safin, quando foi informado sobre o convite, já vislumbrando uma boa campanha no cimento da América do Norte. “Sou grato à federação de tênis canadense e acho que serei um adversário duro durante o torneio”.

Como é tradicional, a maior parte dos tenistas convidados são representantes locais. Entre eles, maior destaque para Dancevic, número 99 do ranking. Os outros atletas que tentarão fazer a alegria da torcida são Polansky, que aos 20 anos ocupa a 277ª posição do ranking, e Niemeyer, veterano de 32 anos e dono do 225º posto.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo