iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

09/07 - 16:56

Wawrinka sofre, mas elimina compatriota e pega Cañas
Stanislas Wawrinka precisou disputar dois tie-breaks contra o compatriota Stephane Bohli para avançar às quartas-de-final

Gazeta Esportiva

GSTAAD (Suíça) - Foi por pouco que a Suíça não viu seu principal tenista inscrito no Torneio de Gstaad dar adeus à disputa logo em sua estréia nesta quarta-feira.

Número dez do mundo, Stanislas Wawrinka precisou disputar dois tie-breaks com o compatriota Stephane Bohli e avançar às quartas-de-final nas quadras de saibro da competição.

Apesar de ter pela frente um tenista que figura apenas na posição 137 do ranking de entradas da ATP, o ascendente Wawrinka teve que ficar em quadra durante 2h45 para sacramentar o triunfo sobre Bohli por 2 sets a 1, com as duras parciais de /76 (7-5), 5/7 e 7/6 (7-3).

Foi a primeira vez que os dois suíços estiveram frente a frente no circuito profissional da ATP. Antes, eles haviam duelado apenas uma ocasião, no Challenger de Genebra, e Wawrinka levara a melhor também em três sets, mas com as parciais de 3/6, 6/3 e 6/2.

Enquanto Wawrinka teve de se cansar para avançar às quartas-de-final, seu próximo adversário sequer precisou entrar em quadra para conseguir a classificação. Cabeça-de-chave número oito, o argentino Guillermo Cañas ganhou o W.O. do belga Kristof Vliegen, que, doente, não tinha condições de disputar a partida.

O suíço e o argentino já se encararam no circuito da ATP, na primeira rodada do Torneio de Stuttgart do ano passado. Na ocasião, Wawrinka havia perdido o primeiro set por 7/6 (7-5), mas venceu o segundo por 6/2 e tinha 1/0 na terceira etapa quando Cañas abandonou a partida por causa de uma lesão.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo