iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

06/07 - 19:08

Apesar da derrota para Nadal, Federer acha que jogou bem
O suíço Roger Federer afirmou hoje que, mesmo perdendo para o espanhol Rafael Nadal na final do torneio de Wimbledon, acha que jogou bem diante do número dois do mundo.

EFE

"Acho que joguei bem. Perdi muitas chances nos dois primeiros sets, mas Rafael foi muito bem. Estou feliz porque nós dois respondemos às expectativas e da forma como lutei. Foi uma final fantástica", comentou o suíço.

"Nadal foi a rocha que já conhecemos. Ele definitivamente melhorou seu jogo, acho que está bem desde o início do ano, muito consistente e melhorando nas quadras rápidas. Não era preciso uma atuação como a de hoje para que demonstrasse como está", completou.

O número um do mundo percebeu que o espanhol ficou nervoso ao perder dois match points ainda no terceiro set. "Estava realmente nervoso, não devolveu como normalmente faz, agressivamente. Consegui algumas jogadas boas e voltei à partida".

Federer pensava que podia vencer o quinto e último set, mas acabou tendo seu saque quebrado no 15º game e depois não conseguiu reverter a vantagem do espanhol em seu serviço.

"Não consegui jogar meu melhor tênis quando tive que fazê-lo. E no final, como já sabemos, foi ainda mais difícil por conta da luz.

Não é uma desculpa. Como já disse, Rafael jogou bem e mereceu a vitória", explicou.

"Não cabe a nós dizer se foi a melhor partida da história, isso é algo que torcedores e imprensa vão debater. Estou feliz porque Rafael e eu fizemos um grande esforço", comentou Federer sobre a partida.

Perguntado se as duas paradas pela chuva o ajudaram, ele foi direto: "Não ganhei a final, portanto não ajudou muito", comentou o número um do mundo, que preferiu não dizer se a quadra estava muito escura.

"É complicado de responder. Já acabou. O que adianta polemizar sobre isso? Foi assim e pronto. Só posso parabenizar Rafael por seu grande esforço", completou.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo