iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

02/07 - 16:21

A caminho da final, Nadal despacha Murray sem perder sets

Espanhol não teve dificuldades para vencer o britânico, mesmo com a torcida local a favor do adversário

Gazeta Esportiva

Assim como Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal entrou em quadra nesta quarta-feira e, sem muita dificuldade, confirmou sua presença nas semifinais de Wimbledon. Mais uma vez arrasador, o número dois do mundo bateu o escocês Andy Murray, cabeça 12, por 3 sets a o (parciais de 6/3, 6/2 e 6/4), e aumentou sua série invicta para 22 partidas.

Nadal foi superior desde o início do confronto. Com um saque potente e devoluções arrasadoras, o espanhol quebrou o saque de Murray pela primeira vez na partida no oitavo game e não teve problemas para fechar o primeiro set em 35 minutos.

A mesma facilidade o espanhol apresentou na etapa seguinte da partida, e com direito a duas quebras sacramentou um tranqüilo 6/2 sobre o escocês número 11 do mundo em apenas 33 minutos. Murray ainda tentou complicar para Nadal no terceiro set, mas perdeu seu saque no sétimo game e abriu caminho para o Rei do Saibro avançar na grama do All England Club com 6/4, em 46 de atuação, totalizando 1h54 de partida.

Nadal, assim, mantém o retrospecto de jamais ter perdido para o britânico no circuito profissional: agora, são quatro vitórias em quatro partidas realizadas. Nesta temporada, os dois tenistas já haviam se cruzado nas oitavas-de-final do Masters Series de Hamburgo, e o espanhol levara a melhor também com facilidade: 2 sets a 0, com 6/3 e 6/2.

O triunfo desta quarta-feira foi o 22º consecutivo do tetracampeão de Roland Garros, que não amarga um tropeço desde o início de maio. Sua última derrota aconteceu na estréia do Masters Series de Roma, diante do compatriota Juan Carlos Ferrero por 7/5 e 6/1. De lá para cá, Nadal disputou 61 sets e venceu 55, totalizando a incrível marca de 22 triunfos seguidos e três títulos levantados: no Masters de Hamburgo, Roland Garros e no Torneio de Queen’s.

De olho em estender a série imbatível, Nadal aguarda a definição de seu próximo adversário na grama de Wimbeldon. O espanhol enfrentará o vencedor do duelo de veteranos entre o alemão Rainer Schuettler e o francês Arnaud Clement, que medem forças ainda nesta quarta.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo