iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

25/06 - 13:36

Hewitt avança com vitória fácil. Ferrero decpeciona.
Campeão de Wimbledon em 2002, Lleyton Hewitt deu mostras nesta quarta-feira de que pode ir longe na atual edição do Grand Slam britânico

Gazeta Esportiva

Depois de superar uma estréia turbulenta, na qual precisou jogar cinco sets para eliminar o holandês Robin Haase, o australiano subiu o nível e bateu tranqüilamente o espanhol Albert Montañes: 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4), 6/0 e 6/2.

Atuando na quadra 2 do complexo All England Club, Hewitt soube se aproveitar do fato de Montañes ser um tenista especializado em quadras de saibro. Desse modo, garantiu vaga na terceira rodada só encontrando dificuldades no primeiro set, definido no tie-break após 53 minutos de bola em quadra – na seqüência, definiu as outras duas parciais em menos de uma hora.

Com o convincente triunfo sobre o número 69 do mundo, o ex-líder do ranking de entradas despacha parte da desconfiança que estava sobre ele, uma vez que havia precisado de um 6/2 no quinto set para despachar Haase na última segunda-feira.

Garantido na terceira rodada, Hewitt ainda não tem adversário definido na próxima rodada. Ele sai do embate envolvendo o chileno Fernando González, 15º pré-classificado, e o italiano Simone Bolelli.

Ferrero é surpreendido e despenca no ranking: Se o australiano cabeça-de-chave número 20 avançou sem grandes problemas, Juan Carlos Ferrero não teve a mesma sorte. Dono da 23ª posição na ATP, o espanhol desistiu da partida diante de Mischa Zverev, apenas o 93º colocado, quando o placar apontava vantagem de 6/4, 6/4 e 2/1 a favor do alemão.

Para Ferrero, pior que a eliminação em si é o fato de ele ter alcançado as quartas-de-final em Wimbledon no ano passado. Assim, o espanhol perderá 215 pontos no ranking e deve despencar, podendo cair até 13 postos a partir da próxima segunda-feira, quando a nova lista será divulgada.

Sem ter nada a ver com isso, Zverev avança para enfrentar outro tenista bem colocado na ATP. Trata-se do Stanislas Wawrinka, que após despachar o brasileiro Marcos Daniel encontrou como nova vítima o argentino Juan Martin Del Potro, que não resistiu a uma derrota por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5), 6/3 e 7/5.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo