iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

23/06 - 13:19

Baghdatis começa com vitória. González e Ferrero também avançam.
Semifinalista de Wimbledon em 2006, Marcos Baghdatis fez valer, pelo menos na estréia, a condição de cabeça-de-chave número dez da edição 2008 do Grand Slam britânico

Gazeta Esportiva

Ao aplicar 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/2, 6/7 (5/7) e 6/3, sobre o belga Steve Darcis, o cipriota avançou à segunda rodada, juntando-se a nomes de peso também classificados, como o chileno Fernando González e os espanhóis Juan Carlos Ferrero e Feliciano López.

Vivendo má fase no circuito profissional de tênis, Baghdatis ocupa atualmente a 25ª posição do ranking de entradas, bem distante do nível que já o colocou como o número oito do mundo em 2006. Apesar disso, o cipriota se beneficiou do sistema utilizado pela organização de Wimbledon, que utiliza campanhas anteriores sobre quadras de grama, para ser um dos principais pré-classificados e correspondeu contra Darcis, 51º colocado da lista.

Garantida a vitória inicial, Baghdatis segue vivo para enfrentar Thomas Johansson, a quem bateu nos dois confrontos já realizados (nenhum na superfície utilizada no evento londrino). Na primeira rodada, o sueco aplicou grande virada sobre o norte-americano Vincent Spadea: 3 sets a 2, com parciais de 6/7, 6/7, 6/3, 6/4 e 6/3.

Além do cipriota, outros tenistas como González e Ferrero, mesmo sendo especializados em quadras de saibro, também fizeram valer a condição de favoritos.

O chileno, que quer repetir as quartas-de-final alcançadas em 2005, passou pelo norte-americano Robby Ginepri em sets diretos, com parciais de 7/6, 7/5 e 7/5, e agora espera pelo ganhador do embate envolvendo o britânico Alex Bogdanovic e o italiano Simone Bolelli.

Já Ferrero surpreendeu pela autoridade com que bateu mais um representante dos Estados Unidos, Sam Querrey. Firme, o espanhol superou um início ruim e os 15 aces anotados pelo adversário para aplicar 3 a 1: 2/6, 6/4, 6/4 e 6/4.

Cabeça-de-chave número 21, o tenista de Onteniente enfrenta na segunda rodada o alemão Mischa Zverev, que eliminou o qualifier austríaco Alexander Peya em sets diretos, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4.

Fechando o grupo dos pré-classificados que já estrearam em Wimbledon, López também avançou e é outro representante da “armada espanhola” na segunda rodada. O atleta, que tem seus melhores resultados em piso rápido, precisou de quatro sets para despachar o argentino Brian Dabul, feito obtido por 7/6 (7-1), 3/6, 6/3 e 6/4, e agora encara Roko Karanusic.

O croata número 111 do mundo triunfou sobre o peruano Luis Horna com parciais de 7/6 (7-4), 6/3 e 6/1.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo