iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

21/06 - 16:39

Nadal se inspira em Tiger Woods para o desafio de Wimbledon
Tenista do momento, Rafael Nadal irá se inspirar em Tiger Woods, o esportista que ele mais admira, se as coisas ficarem difíceis para ele em Wimbledon nos próximos dias.

Reuters

Nadal, que atropelou o pentacampeão de Wimbledon Roger Federer na final do Aberto da França e se tornou uma ameaça mais que real depois de seu primeiro título na grama ao conquistar o Torneio de Queen's, na final de semana passado, assistiu de sua casa em Maiorca ao triunfo de Woods, contra todas as expectativas, no Aberto dos Estados Unidos.

'Gosto muito de sua mentalidade. Gosto dos olhos dele quando ele vai dar uma tacada importante. Ele sempre joga com inacreditável determinação em momentos importantes', disse Nadal durante uma coletiva de imprensa em Wimbledon, neste sábado, antes do torneio começar na segunda-feira.

Nadal, que teve quatro dias de descanso, pescando e jogando golfe depois de sua vitória em Queen's, afirmou que sabia o quanto é difícil jogar com dor, assim como fez Woods antes de vencer o playoff. Woods informou posteriormente que iria tirar o resto do ano para tratar algumas fraturas por estresse e um problema no joelho.

'É inacreditável vencer o Aberto dos Estados Unidos assim', afirmou o espanhol de 22 anos. 'Só o Tiger pode fazer isso'.

Muitos ex-jogadores, incluindo o pentacampeão Bjorn Borg, apostam que Nadal irá derrotar Federer, a quem ele poderá encontrar novamente na final de Wimbledon deste ano, após perder as duas últimas edições.

Entretanto, Nadal não aceita que tenha ultrapassado o suíço número 1 do mundo como favorito ao título. 'Eu só posso agradecer ao Bjorn por essas palavras, mas vocês sabem que Bjorn não é mágico'.

Perguntado se achava que Federer estava mais vulnerável do que nos anos anteriores, Nadal respondeu com sarcasmo. 'Sim, muito. Ele não perdeu sequer um set em Halle, 59 jogos sem perder na grama. Por favor'.

Federer, como sempre, jogou o Torneio de Halle, na Alemanha, como preparação para Wimbledon em vez de Queen's, ampliando sua marca de vitórias na grama, que vem desde Wimbledon 2002, quando ele perdeu para o croata Maio Ancic.

A vitória de Nadal em Queen's será um grande impulso psicológico, como, por exemplo, se a Espanha conquistasse a Euro 2008.

Questionado se um título em Wimbledon e a vitória da Espanha constituiriam um sonho, Nadal respondeu: 'mais que perfeito'.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo