iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

13/06 - 09:51

Fognini surpreende, vai às semis e mantém Cañas em baixa
Estava tudo preparado no Torneio de Varsóvia para Guillermo Cañas acabar de ver com a má fase, mas se esqueceram de avisar Fabio Fognini.

Gazeta Esportiva

Surpreendente e mostrando muita segurança, o italiano bateu o argentino por 2 sets a 0, com um duplo 7/5, e se tornou o primeiro semifinalista do evento polonês.

Após conhecer no mês de maio uma série de seis derrotas consecutivas, Cañas se colocava na posição de favorita a alcançar sua segunda semifinal no ano, a primeira desde março. No entanto, o ex-top dez sucumbiu a Fognini, a quem havia batido só cedendo dois games no ano passado, durante a disputa do Challenger de São Paulo.

Aos 21 anos, o italiano atingiu a segunda semi em nível ATP de sua carreira ao dominar a maior parte das ações diante do cabeça-de-chave número cinco. Assim colecionou oito break points, o dobro do adversário, e converteu cinco das chances para obter duas quebras, uma em cada set, que decidiram o encontro desta sexta-feira.

Agora, o dono da 103ª posição no ranking de entradas tenta avançar a uma final inédita provavelmente contra o russo Nikolay Davydenko. O confronto acontecerá caso o maior favorito ao título em Varsóvia confirme o favoritismo diante do compatriota Evgeny Korolev, em partida a ser realizada ainda nesta sexta.

Já Cañas coleciona mais uma decepção, visto que a classificação às quartas-de-final lhe renderá no máximo uma colocação na lista da WTA – atualmente ele ocupa o 48º posto. Com 12 derrotas somente na temporada 2008, o argentino iniciou o ano na 17ª posição e desde então vem cumprindo trajetória descendente.

Monaco elimina algoz de Daniel: Se Cañas caiu, pelo menos um tenista representou bem a Argentina. Também nesta sexta, Juan Monaco venceu a segunda partida do dia, diante de Marcel Granollers, e é outro a garantir vaga na semifinal. Sem grandes dificuldades, o 21º colocado do ranking bateu o espanhol por 6/4 e 6/3.

Assim como Fognini, Monaco ainda não tem definido o seu próximo adversário, que sai do embate espanhol entre Tommy Robredo e Oscar Hernández. Pressionado muito o saque de Granollers, responsável pela eliminação do brasileiro Marcos Daniel na segunda rodada, o argentino obteve nada menos que 14 oportunidades de quebra, aproveitando metade delas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo