iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Tênis

11/06 - 11:41

Kohlschreiber vence 'batalha' alemã contra Haas
O deleite para a torcida alemã no Torneio de Halle não poderia ter sido melhor. Isso porque os torcedores que compraram ingresso para acompanhar o evento de perto presenciaram um grande embate local nesta quarta-feira.

Gazeta Esportiva

Após 2h28 de bola em quadra, prevaleceu a juventude de Phillip Kohlschreiber, que bateu o experiente Tommy Haas no tie break do terceiro set, com parciais de 7/5, 5/7 e 7/6 (7-5).

Depois de vencer um jogo de muita luta, Kohlschreiber parte para tentar repetir o resultado obtido na grama alemã no ano passado, quando só parou nas semifinais. Contra Haas, o confronto era inédito, e a vitória pode levar o tenista de 24 anos a embalar na temporada – após iniciar 2008 com o título em Auckland, ele caiu de nível e já conheceu 11 derrotas, despencando do top 30 para a atual 40ª posição no ranking de entradas.

Já para o alemão mais experiente, de 30 anos, a derrota mantém a temporada modesta que vinha sendo realizada. Número dois do mundo em 2002, Haas convive com uma lesão crônica no ombro que o fez abandonar na estréia do Masters Series de Monte Carlo no fim de abril, no que era sua última partida no circuito da ATP. Na terça-feira, o triunfo em equilibrados três sets sobre o tcheco Radek Stepanek ainda havia dado confiança para o 37º colocado da lista, mas a nova derrota atrapalha os planos de recuperação.

Ao vencer o confronto local, as atenções da torcida alemã em Halle devem passar para Kohlschreiber, que nas quartas-de-final terá vida dura contra Robin Soderling. Dono da 42ª posição na ATP, o sueco não tomou conhecimento do tcheco Tomas Berdych na abertura da rodada, aplicando rápidos 6/2 e 7/5 sobre o cabeça-de-chave número três.

Diante de Soderling, Kohlschreiber tem a vantagem de ter vencido o único encontro já realizado – foi na grama do Torneio de 's-Hertogenbosch do ano passado, quando o alemão aplicou o incrível marcador de 11-9 no tie break do terceiro set.

Beck também avança em casa
No outro embate alemão válido pela segunda rodada, este envolvendo tenistas de relevância bem menor, melhor para Andreas Beck. O convidado da organização não tomou conhecimento do favoritismo de Mischa Zverev e venceu em três sets, com parciais de 6/7 (5-7), 7/6 (7-5) e 6/1.

Aos 22 anos de idade e na 144ª colocação do ranking de entradas, Beck disputava apenas sua segunda partida em grama na carreira e mesmo assim conseguiu passar por Zverev, que, embora dois anos mais jovem, é mais experiente e já ostenta a 94ª colocação da lista.

Tentando seguir vivo no evento local, Beck pode ter pela frente o norte-americano James Blake, segundo pré-classificado. O favorito enfrentará o alemão caso confirme o favoritismo diante de outro tenista da casa, Benjamin Becker.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo